Travesti sofre tentativa de homicídio, e motorista de aplicativo é baleado, na Maraponga

Aos policiais, a passageira revelou que o alvo dos criminosos era ela, que recebeu ameaças de morte recentemente

Legenda: Vítimas foram transferidas para o hospital IJF após serem atingidas por disparos de arma de fogo na avenida Godofredo Maciel, no bairro Maraponga.
Foto: Rafaela Duarte

Uma tentativa de homicídio deixou duas pessoas baleadas, na Avenida Godofredo Maciel, na noite da última terça-feira (15). Uma travesti solicitou uma corrida em um aplicativo de transporte particular, e durante a viagem, o crime aconteceu. Ela era o alvo dos criminosos, pois revelou que recebia ameaças de morte recentemente. Porém, o motorista de aplicativo também foi lesionado. O caso aconteceu no Bairro Maraponga, em Fortaleza.

>> Motorista de aplicativo e passageiro são mortos dentro de veículo em Caucaia

A travesti foi atingida com um disparo na região do olho. Apesar da lesão, foi informado que o estado de saúde dela é estável. Já a situação do motorista, foi lesionado com um tiro nas costas, e não teve o estado de saúde revelado. Depois da tentativa de homicídio, os criminosos fugiram. Ainda não há detalhes acerca da quantidade de suspeitos envolvidos no crime, ou se eles utilizavam algum veículo durante a ação.

A identificação das vítimas não foi repassada pela polícia, que se restringiu a informar que o motorista de aplicativo tem 31 anos. Foi informado ainda que a passageira estava no banco de trás do carro. 

As duas vítimas foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Itaperi. Porém, depois precisaram ser transferidas para outra unidade hospitalar para atendimento médico mais especializado.

O Sistema Verdes Mares aguarda mais detalhes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará sobre esta tentativa de homicídio.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança