Polícia Militar flagra aglomeração na Praia da Leste e 30 pessoas são conduzidas à Delegacia

Grupo que estava consumindo bebidas alcoólicas assinou um TCO por descumprimento às normas sanitárias de prevenção da Covid-19

Escrito por Redação,

Segurança
pm
Legenda: Flagrante ocorreu no momento em que PMs fiscalizavam espaços públicos na Capital
Foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar dispersou 30 pessoas que estavam aglomeradas na Avenida Presidente Castelo Branco, em frente à Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará, no bairro Jacarecanga, por volta das 17h dessa quinta-feira (25). Durante a ação da PM, todos os envolvidos foram conduzidos ao 34º Distrito Policial.

O grupo foi flagrado descumprindo o decreto estadual de isolamento rígido enquanto agentes de segurança do 5º Batalhão (5º BPM) fiscalizavam a Praia da Leste. Com apoio do Comando de Policiamento de Choque (CPChoque), os PMs identificaram que as pessoas estavam consumindo bebida alcoólica, fazendo uso de som alto e não portavam máscara de proteção.

Os policiais fizeram busca pessoal, mas nenhum objeto ilícito foi encontrado. Eles precisaram ser encaminhados ao 34º DP, no Centro, em função do flagrante de desrespeito às normas sanitárias para frear o avanço da Covid-19 no Ceará.

"O grupo foi conduzido com o auxílio de um ônibus da PMCE, momento em que as pessoas receberam máscaras de proteção individual e uso do álcool em gel a 70%, para realizarem o deslocamento com segurança", disse a PM, em nota.  

aglomeração leste
Legenda: Parte do grupo encaminhado ao 34º DP, no Centro
Foto: Divulgação/PM

Infração

Com base no artigo 268 do Código Penal Brasileiro, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado contra o grupo por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Os 184 municípios do Ceará seguem em lockdown até o dia 28 de março. Até lá, a PM seguirá monitorando a efetiva execução dos protocolos sanitários previstos na legislação vigente.

"Denúncias de aglomerações de pessoas podem ser feitas por meio do 190", informou, complementando que o anonimato é garantido.


 

Assuntos Relacionados