Operação Cronos cumpre mandados de prisão e captura 97 pessoas no Ceará

A maior parte das capturas ocorreu na Capital e na Região Metropolitana de Fortaleza

A Operação "Cronos", deflagrada pelas Polícias Civis de todo o Brasil, na última sexta (24), resultou na captura de 97 pessoas no Ceará. Ao todo, entre 6h e 18h, 95 foram presos e dois menores foram apreendidos no cumprimento de mandados por homicídio, latrocínio, tráfico de drogas e outros crimes.

A maior parte das capturas ocorreu na Capital e na Região Metropolitana de Fortaleza, embora parte das prisões também tenha ocorrido no Interior do Estado. Ao todo, foram empregados 462 agentes em 150 viaturas. O “Cronos” que nomeia a Operação, segundo a Polícia Civil cearense, se refere ao tempo de vida tirado das vítimas. 

 

Apesar do foco nacional em feminicídio, não houve nenhuma prisão no Estado por esse tipo de crime. Só um homem foi preso por violência doméstica. Em todo o Brasil, a Operação cumpriu 42 mandados pelo homicídio qualificado pela vítima ser mulher.

“Essa Operação serviu cada vez mais para atualizarmos os dados e continuarmos prendendo e responsabilizando todos os feminicidas. Temos a meta de que todos eles sejam obrigatoriamente presos”, destaca a delegada Rena Gomes, diretora do Departamento de Polícia Especializada de Grupo Vulnerável.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança