Mais duas vítimas reconhecem o estuprador em série da Parangaba

Os policiais do 5º Departamento de Polícia (DP) receberam mais duas vítimas do sexo feminino, nesta sexta-feira (29), para fazer o reconhecimento do suspeito de cometer estupros em série na Parangaba. A  Polícia Civil não informou a idade das depoentes.

Já chega a nove o número de vítimas, entre 11 e 33 anos de idade, que confirmaram ter sido violentadas pelo borracheiro Antônio Cláudio Barbosa de Castro, 30.  Os casos sob investigação ocorreram nos bairros Vila Peri, Parangaba e Maraponga entre abril e julho deste ano.
 
Segundo o delegado titular da unidade, Renê Andrade, as vítimas tinham depoimentos muito similares. Andrade disse que o homem pilotava uma moto preta, modelo Fan, e usava uma faca para coagir as mulheres.

Uma menina de 11 anos está entre as que reconheceram o borracheiro. Ela conta ter sido agredida quando ia para o reforço escolar. Até o momento, outras duas menores reportaram estupro cometido pelo mesmo homem.

Antônio Cláudio se diz inocente e acusa o irmão de ter cometido a série de crimes. No entanto, o irmão do borracheiro, que também compareceu à delegacia, não foi reconhecido por nenhuma das vítimas.

A Polícia Civil divulgou vídeo que mostra como o suspeito abordava as vítimas, veja as imagens:

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança