Cinco suspeitos de integrarem grupo criminoso envolvido em homicídios são presos na Grande Fortaleza

Um dos presos é suspeito de assassinar 3 pessoas neste ano em Maracanaú

Escrito por Redação,

Segurança
Operação policial da Civil
Legenda: Operação cumpriu 28 mandados de busca e apreensão e 5 de prisão preventiva na Grande Fortaleza

Uma operação da Polícia Civil resultou no cumprimento de 28 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão preventiva, nesta terça-feira (5), contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa responsável por homicídios no Ceará. A ação policial ocorreu em Fortaleza e nas cidades de Maracanaú e Caucaia.

Durante a operação, quatro homens e uma mulher foram presos por força de mandado de prisão preventiva. Entre os alvos, está um suspeito de chefiar um grupo criminoso em Maracanaú. 

Segundo as investigações, o homem também é suspeito de envolvimento em pelo menos 3 homicídios ocorridos neste ano, no bairro Parque Tijuca, no mesmo município.

Operação 'Ruptura'

Aparelhos celulares também foram apreendidos. Os capturados foram conduzidos para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú, onde as ordens judiciais foram cumpridas. Agora, eles permanecem à disposição da Justiça.

A operação denominada “Ruptura” foi desencadeada por equipes da Delegacia Metropolitana de Maracanaú. A ofensiva contou com o apoio de 25 equipes, além dos Departamentos de Polícia Judiciária da Capital (DPC), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Departamento de Polícia Especializada (DPE) e  Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).