Paulo César Norões: Estratégia no trato com a infidelidade

Mais do que uma punição, a suspensão dos oito deputados "infiéis" do PDT que votaram a favor da reforma da Previdência na Câmara Federal soa como uma satisfação do comando do partido, que falou grosso na véspera da votação, ameaçando a todos de expulsão, e não poderia agora simplesmente deixar pra lá. Embora prevista no estatuto, a expulsão não é tão simples do ponto de vista objetivo. Não se manda 1/3 da bancada embora sem mais nem menos. Expulsos, os deputados não perdem o mandato, vão reforçar outras legendas. Mais estratégico mantê-los, com restrições. Quem achar ruim e quiser sair do partido, pela legislação é passível de perder o mandato. Detalhe: a reforma da Previdência ainda será objeto de nova votação na Câmara, após o trâmite no Senado. É de se supor que os ‘infiéis’ repitam o voto a favor. Novas turbulências à vista.

De saída

Como já era previsto, Nicolle Barbosa enviou comunicado ao comando nacional do PSC renunciando à presidência do partido no Ceará e seu desligamento da legenda. Consequência da decisão da direção nacional do PSC de entregar o comando do partido, no Ceará, a aliados do deputado federal Capitão Wagner (Pros) e apoiar a candidatura dele a prefeito de Fortaleza, em 2020. 

Primeiro passo

Em meio à reforma da Previdência, senador Tasso Jereissati reuniu-se com pré-candidatos do PSDB a vereador em Fortaleza. O encontro, que ocorreu em seu escritório, segue a estratégia do partido de estruturar uma chapa proporcional competitiva, que possa disputar com força vagas na Câmara Municipal. Caras novas ao tucanato foram apresentadas, com as presenças de profissionais liberais que pretendem ter primeira experiência na política. A preocupação é que no pleito de 2020 não mais será possível coligação proporcional. Ou seja, cada um por si.

Atenção do eleitor

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará chegou, nesta quarta, à marca de um milhão de pessoas biometrizadas em Fortaleza. O número, porém, representa só 56,5% do eleitorado da Capital, onde o voto biométrico será obrigatório no ano que vem. 

Advogado e empresário Rodrigo Nóbrega será o coordenador do Instituto Brasil 200, no Ceará. O BR200 é um grupo apartidário composto por empresários e líderes da sociedade que defendem uma agenda liberal para a economia brasileira. O foco inicial é a reforma tributária e a defesa do imposto único.

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará suspendeu licitação em Beberibe e gratificação da Semace por possíveis irregularidades. No caso de Beberibe, os editais de licitação deverão ser refeitos. Já a Semace tem 60 dias para comprovar ao TCE a legalidade da gratificação de Risco de Vida ou Saúde de todos os servidores do órgão. 


Categorias Relacionadas