Chefe da Secom, Flávio Rocha deve deixar o cargo, diz jornal

Não há detalhes sobre o substituto, mas espera-se que outro militar fique à frente da pasta

Flávio Rocha
Legenda: Flávio Rocha foi nomeado para o comando da Secretaria Especial de Comunicação (Secom) no lugar de Fabio Wajngarten
Foto: Marcos Correa / Presidência da República

O almirante Flávio Rocha, responsável pela Secretaria de Comunicação (Secom), deixa o cargo que assumiu há apenas um mês. Não há detalhes sobre o substituto, mas espera-se que outro militar fique à frente da pasta. A informação é do Estadão

No fim de fevereiro, Flávio Rocha foi nomeado para o comando da Secom no lugar de Fabio Wajngarten. Ao assumir, foi apontando como um “administrador de conflitos”. Ele chegou ao Planalto no início de 2020 para assumir a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE). 

Segundo fontes ouvidas pelo jornal, como Fálvio tem acumulado  cargos cobiçados, escolheu uma das secretarias especiais. Por estar desde o início do governo na SAE, decidiu permanecer. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política