Fortaleza se movimenta no mercado e tem nomes acertados para sequência da Série A de 2021

Clube deseja ampliar as opções do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda

Elenco do Fortaleza reunido em momento de concentração
Legenda: O Fortaleza teve um início positivo na Série A com vitória nas três rodadas disputadas
Foto: Fabiane de Paula / SVM

A diretoria do Fortaleza se movimentou no mercado e encaminhou contratações para a sequência da Série A do Brasileiro. Com o trabalho do treinador Vojvoda consolidado, a gestão planeja ampliar as opções e o nível da equipe através de “bons reforços” para a comissão técnica.

Os nomes são mantidos em sigilo, mas o Diário do Nordeste apurou que serão até cinco jogadores anunciados com abertura da janela internacional de transferências em 1º de agosto. A equipe trabalhou nos bastidores com peças importantes e tem até pré-contratos assinados.

O processo de mapeamento de nomes seguindo um novo fluxo estabelecido pelo departamento de futebol foi avaliado de modo positivo pelo comandante argentino. O profissional já admitiu que deseja seguir no Pici e trabalhar no planejamento de 2022.

Mercado da bola

No ambiente interno há compreensão de que o elenco é superior ao de 2020. Assim, o objetivo é acrescer qualidade em todos os setores, priorizando o esquema 3-5-2, em que alas/laterais, zagueiros, meias/armadores e atacantes são bastante acionados.

Lucas Crispim comemorando gol pelo Fortaleza
Legenda: Lucas Crispim foi a primeira contratação do Fortaleza para 2021
Foto: Thiago Gadelha

Em contrapartida, nomes podem deixar a equipe leonina. O meia Mariano Vázquez e o atacante Wellington Nem, ambos em fim de contrato, estão fora dos planos. Com a valorização de outros jogadores, o clube também estima receber propostas futuras.

Logo, o cenário é de trabalho para fortalecer o plantel e conquistar os objetivos de 2021. No 3º ano consecutivo na elite nacional, o Leão busca a meta de retornar para uma competição internacional como em 2020, quando participou da Sul-Americana.