Nos dez primeiros jogos, Vojvoda supera aproveitamento de Ceni em início de trabalho no Fortaleza

Além dos números, o início de trabalho do treinador argentino é animador pelo desempenho apresentado pela equipe dentro de campo

Vojvoda e Rogério ceni
Legenda: Vojvoda tem ótimo início no Fortaleza e Rogério Ceni é o maior treinador da história do clube
Foto: Thiago Gadelha/SVM e Kid Jr/SVM

O início do técnico Juan Pablo Vojvoda no Fortaleza é espetacular. Título, vitórias expressivas, invencibilidade e bons resultados contra o maior rival são alguns dos elementos que dimensionam o primeiro mês do argentino no Pici. Mais que isso, ele consegue também uma marca expressiva: superar o aproveitamento de Rogério Ceni no início de trabalho.

Até aqui, Vojvoda comandou o Fortaleza em dez jogos, e o recorte considera também a primeira dezena de partidas em que Ceni comandou o Tricolor. Neste cenário, o aproveitamento do argentino é superior: 86,6% contra 80% do atual técnico do Flamengo. 

Arte com números de Ceni e Vojvoda no Fortaleza
Legenda: Vojvoda tem aproveitamento melhor que o de Ceni nos dez primeiros jogos pelo Fortaleza
Foto: Arte/SVM

Detalhes relevantes: Vojvoda ainda não perdeu (Ceni foi derrotado duas vezes) e o time comandado pelo argentino apresenta um ataque mais positivo, com mais gols marcados, e um sistema defensivo menos vazado, com menos gols sofridos.

Os números, porém, não podem ser vistos friamente. É preciso interpretá-los. Em que cenário foram obtidos? Quais os adversários? Qual o contexto de cada época?

Aos fatos

Arte com os 10 primeiros jogos de Ceni e Vojvoda pelo Fortaleza
Legenda: Os resultados dos dez primeiros jogos de Ceni e Vojvoda pelo Fortaleza
Foto: Arte/SVM

Ceni realizou pré-temporada e precisou montar um elenco do zero, em grande reformulação feita para disputar a Série B do Brasileiro após o acesso na Série C. E é evidente que o Fortaleza do início de 2018 tinha menos recursos que atualmente, e o time era pior tecnicamente. Mas ele comandou o Fortaleza apenas no Campeonato Cearense e enfrentou adversários mais frágeis tecnicamente nos dez primeiros jogos. As duas derrotas foram para Horizonte (com time reserva) e Ceará.

Já Vojvoda teve duelos relevantes contra equipes de Série A e vitórias maiúsculas, como a virada sobre o Atlético-MG, no Mineirão, e a goleada por 5 a 1 sobre o Inter. Além disso, realizou quatro Clássicos-Rei contra o Ceará e não perdeu nenhum, com o detalhe que foi Campeão Cearense em cima do maior rival e o eliminou com autoridade na Copa do Brasil, com vitória acachapante por 3 a 0.

O elenco atual, porém, é mais qualificado e possui peças que oferecem melhores condições ao treinador, assim como a estrutura do clube como um todo, o que facilita também o desenvolvimento do trabalho.

Futuro promissor

Vojvoda conversa com elenco do Fortaleza
Legenda: O treinador argentino Juan Pablo Vojvoda tem boa gestão de grupo no Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha / SVM

A comparação de qualquer treinador que assumiu o Fortaleza pós-Ceni sempre foi inevitável. Porém, Vojvoda é o único que consegue fugir da sombra do ex-técnico leonino e tocar o trabalho de forma tranquila e positiva, longe dessas cobranças e comparações.

Mais que números, o início de trabalho é excelente pela postura apresentada pelo Fortaleza, com um futebol ofensivo, envolvente, protagonista, que resgatou o desejo do torcedor em ter mais vontade de ganhar que medo de perder.

Se o argentino conseguirá repetir os resultados e títulos conquistados pelo maior treinador da história do Fortaleza, ninguém sabe. Mas o início de trabalho é positivo e o futuro bastante promissor.