Vacina chinesa contra Covid-19 se mostra eficaz ao produzir resposta imune em humanos

A vacina ainda está em fase inicial de testes e deve passar ainda por três fases do estudo clínico para ter aprovação

Legenda: Novo Coronavírus
Foto: Foto: Fotos Públicas

Uma vacina chinesa contra a Covid-19 apresentou, pela primeira vez, a capacidade de induzir a criação de anticorpos em humanos e se mostrou segura, segundo informações do G1, com base em publicação desta sexta-feira (22) feita pela revista científica "The Lancet". O produto ainda está em fase inicial de testes.

Uma equipe dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças da China estuda a vacina. Ela foi a primeira a alcançar a Fase 1 do ensaio clínico, que passa por quatro fases, sendo esta a responsável por verificar a segurança da vacina no organismo de seres humanos.

Na Fase 2, o estudo estabelece qual a resposta imunológica do organismo (imunogenicidade). Já na Fase 3, a última do estudo, é obtido o registro sanitário. E, por fim, a Fase 4 é a distribuição para a população.

A publicação científica diz que a vacina chinesa é segura e foi capaz de gerar uma resposta imune contra o vírus Sars-CoV-2 em humanos. 

Voluntários 

Participaram do estudo 108 voluntários saudáveis, com idades entre os 18 e 60 anos. 

Eles receberam aleatoriamente um dos três tipos de dosagens da vacina: com baixa, média e alta concentração do agente viral, informou o G1. 

Resultados promissores foram atestados após 28 dias, mas os resultados finais serão avaliados em seis meses. Ainda são necessários mais estudos para determinar se a proteção é efetiva contra a infecção por SARS-CoV-2. 


Categorias Relacionadas