Vovô e Leão na expectativa para o início da Série A em 9 de agosto

Em reunião com a CBF na última quinta-feira, a data para o início da competição foi debatida, se encerrando em fevereiro de 2021, com os dirigentes dos clubes cearenses favoráveis à proposta apresentada

Legenda: Ceará e Fortaleza são favoráveis ao início da Série A em 9 agosto, já que iniciaram a treinar no começo de junho
Foto: THIAGO GADELHA

Depois de inúmeras reuniões projetando o início das competições no futebol brasileiro, principalmente a Série A, finalmente os clubes parecem ter uma definição de quando entrarão em campo pelo Brasileirão. Em reunião, na última quinta-feira, entre dirigentes dos clubes das Séries A e B e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), uma proposta de início do Brasileirão foi apresentada, começando no segundo fim de semana de agosto: no dia 8 a Série B e no dia 9 a Série A.

A ideia é que a competição tenha início mesmo sem o término dos torneios estaduais. Ainda de acordo com a projeção da entidade maior do futebol nacional, a competição se encerraria no início de fevereiro de 2021.

A informação foi confirmada por diversos dirigentes envolvidos no encontro. Ampla maioria se mostrou favorável à ideia da entidade, como os presidentes do Ceará, Robinson de Castro, e do Fortaleza, Marcelo Paz. Apenas o Athletico-PR contestou a sugestão.

Em nota, a Confederação Brasileira de Futebol confirmou as datas. "A decisão foi tomada na quinta-feira, em reunião convocada pela CBF junto com a Comissão Nacional de Clubes (CNC), com a participação dos 40 clubes disputantes duas séries. O Campeonato Brasileiro da Série A poderá retornar no dia 9 de agosto, domingo. A Série B tem data prevista de recomeço para 8 de agosto", disse a CBF.

Com Ceará e Fortaleza tendo iniciado os treinamentos no início de junho - o Vovô no dia 1ºe o Leão no dia seguinte - com o início da Série A na data especificada, os clubes estariam mais do que prontos para estarem em campo.

Cautelosa, a confederação frisou a todo instante que se tratava de uma ideia e que tal projeção só poderá ser concretizada em caso de manutenção dos cenários previstos para os Estaduais - além, é claro, do acompanhamento da evolução da pandemia do novo coronavírus no País.

Segundo a CBF, 19 dos 20 clubes se dispuseram a jogar fora de suas sedes em casos extremos, de os municípios não estarem liberados para jogos pelas autoridades de saúde.

Favoráveis

As determinações da CBF foram bem aceitas por Ceará e Fortaleza. Os dois clubes projetam encerrar o Campeonato Cearense no fim de julho - restam apenas 5 datas ou 11 jogos para o termino, iniciando assim, a Série A sem conflito com o certame local. "A reunião virtual foi produtiva e ficou encaminhado para o retorno da Série A em agosto, provável no dia 9. E a partir daí encaixar o término do Estadual e Copa do Nordeste antes da data. Foi uma boa discussão, um avanço importante no calendário do futebol, sempre priorizando a questão sanitária", declarou Marcelo Paz, presidente do Fortaleza.

Robinson de Castro, presidente do Ceará, também opinou. "Foi deliberado na reunião dos clubes que a Série A volta no dia 9 de agosto. Eventualmente se algum jogo não puder ser realizado em uma determinada localidade, por questões sanitárias, de saúde, será transferida para uma outra localidade para que o campeonato não seja interrompido em nenhum momento. A previsão de conclusão é em fevereiro. Vamos nos preparar para fazer uma grande competição", disse ele.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte