Vina comenta negociação com Ceará e foco na Série A: "ficar na história"

Meia ressaltou que o principal objetivo é atingir os 45 pontos no Brasileirão

Legenda: Vina é o artilheiro do Ceará na temporada com 19 gols
Foto: Camila Lima / SVM

O meia Vina é o grande destaque do Ceará na temporada. Artilheiro e líder de assistências no clube, foi alvo de uma campanha da torcida nas redes sociais com a hashtag #RenovaVina. Em negociação para ampliar contrato, encerrado em dezembro, o atleta falou sobre o contato do Vovô.

“Para qualquer jogador é gratificante. Ter respeito, carinho, nas minhas redes sociais foi fantástico, chegou a travar (o celular), todo jogador sonha. Tanto eu como a diretoria estamos conversando, mas o pensamento nessa temporada é o que podemos fazer no Brasileirão. A primeira meta são os famosos 45 pontos e está muito perto. Quanto antes conseguirmos essa meta, fica a cabeça tranquila para pensar nas próximas metas, para ficar na história do clube”, declarou.

Ao Diário do Nordeste, o presidente alvinegro Robinson de Castro reforçou o desejo de seguir com o atleta no clube. Vina revelou que há negociação, mas é preciso focar também na Série A.

“Nós temos conversado bastante. Meus empresários, Jorge Macedo, Sérgio Dimas, estamos conversando. Tenho 29 anos, tenho que tomar cuidado com as minhas escolhas, mas sou muito feliz aqui, abracei esse planejamento inicial, e eu deixei bem claro, quero estar 100% com meu papel dentro de campo. Tenho 29 anos, tenho desejo se jogar fora do país, se for ficar aqui, mas em relação a isso, vamos conversando dia a dia, para dar tudo bem, eu sou muito agradecido, é cabeça boa, o que eu fico feliz é que tem homem de palavra, que me tratar bem, conversa sempre franca, quem sabe no próximo mês resolver, pensar em fazer história”, explicou.

O próximo compromisso do Ceará é domingo (17) contra o Bragantino. A partida ocorre às 20h30, na Arena Castelão, pela 30ª rodada da Série A.

Confira outros pontos da entrevista

Bragantino

"É cedo porque é começo de semana, todo o staff do clube vai detalhar a estratégia, mas é equipe perigosa, transição ofensiva, jogadores rápidos. É tomar cuidado, se impor, jogar em casa, colocar nosso ritmo".

Pontuação

"A gente tem a meta primária de chegar aos 45, livrar de vez, matematicamente. E quando livrar do rebaixamento, a Sul-Americana fica perto, e sim fazer história. É passo a passo, com os pés no chão. Esse grupo mostra humildade, é com esse pensamento que a gente vai jogo a jogo".

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte