Presidente do Barbalha morre por complicações da Covid-19

Djalma Adonio foi intubado na segunda-feira (24) e não resistiu

Imagem do presidente do Barbalha com semblante sério para a foto
Legenda: Djalma Adonio estava na função de presidente do Barbalha desde abril
Foto: arquivo pessoal

Djalma Adonio, presidente do Barbalha, não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu nesta terça-feira (25). Com 54 anos, estava na função desde abril e tinha como meta iniciar projeto das categorias de base do clube.

Após diagnóstico da doença, o dirigente foi intubado e transferido para a UTI no Hospital Santo Antônio, em Barbalha, na segunda-feira (24). Com agravamento do quadro clínico, teve o óbito registrado na madrugada. 

Vale ressaltar que Djalma tinha problemas renais. José Airton Coelho, então vice-presidente, deve assumir o Barbalha.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte