Palmeiras vence Flamengo na prorrogação e sagra-se tricampeão da Libertadores

Verdão foi campeão na prorrogação com gol de Deyverson, vencendo o Flamengo em Montevidéu, no Uruguai

Elenco palmeirense com a taça da Libertadores de 2021
Legenda: Campeão da Libertadores, Palmeiras tem o elenco mais valorizado do futebol brasileiro em 2021
Foto: PABLO PORCIUNCULA / AFP

O Palmeiras é tricampeão da Libertadores. O Verdão venceu o Flamengo por 2 a 1 em Montevidéu, na noite deste sábado (27), no Uruguai, sagrando-se novamente o melhor time do continente. O título do Alviverde foi definido na prorrogação, com gol de Deyverson, aos 4 minutos do 1º tempo.

O Verdão conquista seu segundo título seguido da Libertadores e o terceiro em sua história. Campeão em 1999, 2020 e 2021, o Palmeiras iguala Grêmio, São Paulo e Santos na lista dos brasileiros que mais venceram o torneio. Em fevereiro de 2022, o time paulista joga mais uma vez o Mundial de Clubes, nos Emirados Árabes, em busca do seu primeiro título.

O jogo

A equipe paulista entrou com uma proposta de jogo bem de definida pelo técnico Abel Ferreira e a aplicou com competência. Seguro defensivamente e rápido no contra-ataque, o Verdão foi melhor no primeiro tempo e marcou seu gol cedo, logo aos cinco minutos. Gustavo Gómez lançou Mayke, que avançou pela direita e rolou para trás, com Raphael Veiga batendo de primeira por baixo de Diego Alves.

Era tudo que o Palmeiras queria para executar ainda melhor seu plano de jogo, fechado e explorando os  espaços que o Flamengo cedeu. Veiga teve outra chance, com Diego Alves encaixando e em outro ataque, Scarpa cruzou e Rodrigo Caio quase marcou contra.

2ª tempo

Se na etapa inicial o Palmeiras foi melhor, no 2º tempo o Flamengo teve outra postura e mereceu o empate. O time rubro-negro pressionou o Palmeiras e até os 15 minutos criou três chances de gol claras, com Bruno Henrique, Gabigol e David Luiz, a última sendo uma grande defesa de Weverton.

Mesmo pressionado, o Palmeiras manteve seu plano de jogo e perigoso nos contra-ataques. Rony quase marcou em belo chute de fora da área que Diego Alves pegou a bola que ia no ângulo.

Mas após a entrada de Michael no lugar de Everton Ribeiro, o Rubro-Negro ficou com mais presença ofensiva e empatou aos 27 minutos: Gabriel Barbosa tabelou com Arrascaeta e bateu forte no canto para vencer Weverton.

Com a igualdade, o jogo ganhou em muita tensão, com as equipes se fechando mais. Com raros espaços, o Flamengo teve a chance de virar com Michael, que saiu na cara do gol, mas bateu cruzado para fora. Sem chances claras, o jogo foi para a prorrogação.

Gol do título

Quando o Palmeiras perdeu Raphael Veiga por lesão, sendo substituído por Deyverson, a torcida palmeirense certamente lamentou. Mas quis o destino que, o esquentado atacante virasse o herói do título do Verdão. Logo aos 4 minutos, Andreas Pereira perdeu o domínio da bola no campo de defesa e o atacante saiu de frente para Diego Alves, batendo para marcar o segundo.

O atacante Deyverson comemora gol marcado pelo Palmeiras
Legenda: O atacante Deyverson marcou o gol do título do Palmeiras na Libertadores
Foto: Juan Mabromata / AFP

A partir daí, o Flamengo foi para o desespero, já com Pedro, Kenedy e Vitinho em campo, mas não foi capaz de passar pela forte defesa do Palmeiras, que se defendeu bem até o final para comemorar o segundo tíitulo da Libertadores ao lado de sua torcida, o terceiro de sua história.

Próximos jogos

Após a decisão da Libertadores, Palmeiras e Flamengo ainda tem compromissos pela Série A do Campeonato Brasileiro. O Verdão é o 3º com 49 pontos e volta a jogar pelo Brasileirão na terça-feira (30), contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 22 horas.

Já o Flamengo, é o vice-líder com 67 e tem reduzidas chances de título brasileiro, já que está 8 pontos distante do Atlético/MG. O Rubro-Negro também joga na terça-feira (30), contra o Ceará, às 20 horas no Castelão.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1 x 2 PALMEIRAS

FLAMENGO - Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Andreas Pereira (Pedro), Éverton Ribeiro (Michael) e Arrascaeta (Vitinho); Bruno Henrique (Kenedy) e Gabriel. Técnico: Renato Gaúcho.

PALMEIRAS - Weverton; Mayke (Gabriel Menino), Gómez, Luan e Piquerez (Felipe Melo); Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael (Danilo Barbosa), Gustavo Scarpa, Raphael Veiga (Deyverson) e Dudu (Wesley); Rony. Técnico: Abel Ferreira.

GOLS - Raphael Veiga, aos 5 minutos do primeiro tempo. Gabriel, aos 27 minutos do segundo tempo. Deyverson, aos 5 minutos do primeiro tempo da prorrogação.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Caio, Gustavo Gómez, Arrascaeta, Piquerez, Gabriel.

ÁRBITRO - Néstor Pitana (Argentina).

LOCAL - Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte