'Nos causou muitas dificuldades', diz Guto Ferreira sobre marcação do América-MG

Time mineiro venceu o Ceará neste domingo por 2 a 0. Partida marcou o fim do primeiro turno da Série A do Campeonato Brasileiro para o Alvinegro cearense

Legenda: "Até conseguimos marcar um gol, que foi anulado, mas acredito que foi, talvez, o único lance no primeiro tempo que a gente conseguiu concluir com alguma qualidade no gol", disse Guto
Foto: Thiago Gadelha

O Ceará sentiu a forte marcação do adversário na derrota para o América-MG na manhã deste domingo. Segundo o técnico do Alvinegro, Guto Ferreira, o time mineiro impôs pressão defensiva sem a bola e atrapalhou a setor de criação de jogadas do Vovô, garantindo a vitória em casa. 

A partida, realizada às 11h deste domingo no estádio Independência, terminou com uma vitória de 2 a 0 do América, fruto de um esforço defensivo. 

Além da forte marcação do time mineiro, Guto Ferreira lamentou as poucas chances perdidas pelo Ceará.  

Tivemos a marcação muito bem feita (do América-MG), alta e forte, o que nos causou muitas dificuldades, tanto na saída de bola quanto no meio quando a gente buscava conexões para jogadas mais agressivas. Isso gerou muitos erros de passe, e em uma saída de bola deles, eles acharam um passe entre as linhas e eles acharam um gol, o que deu mais confiança para continuar marcando dessa maneira", disse. 
Guto Ferreira
técnico do Ceará

"Até conseguimos marcar um gol, que foi anulado, mas acredito que foi, talvez, o único lance no primeiro tempo que a gente conseguiu concluir com alguma qualidade no gol. Nossa equipe, no geral não esteve bem. Teve dificuldade de vencer as linhas frente a essa marcação que eles fizeram", completou Guto. 

Intervalo 

O treinador do Ceará ainda comentou sobre a parada no calendário da Série A do Campeonato Brasileiro após o fim do primeiro turno. 

Guto afirmou que a interrupção do calendário pode atrapalhar o ritmo de jogo do Ceará, mas ressaltou que pode ser um momento importante para recuperar atletas que estão no departamento médico. Além disso, o treinador afirmou que esse período sem jogos pode ajudar a comissão técnica a consertar alguns detalhes de jogo.

"Da maneira que está o calendário para nós, jogar no domingo seria mais interessante, mas é um espaço para se trabalhar, recuperar algumas coisas e recuperar jogadores que estão entregues ao departamento médico para voltar par ao segundo turno da melhor maneira possível", disse.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte