Guto reforça meta do Ceará de chegar em competição internacional: "não podemos parar aqui"

Técnico elogiou muito o desempenho do Vovô após a goleada contra o Goiás fora de casa

Legenda: Treinador lamentou as oportunidades desperdiçadas pelo Alvinegro
Foto: Reprodução/Vozão TV

A goleada do Ceará contra o Goiás nesta quinta-feira (21), pela 31ª rodada da Série A do Brasileirão, deixa o Vovô na 10ª posição na tabela, a três pontos do G-8, que deve ganhar uma nova para a Copa Libertadores. Para o técnico Guto Ferreira, as metas do time estão faseadas para o restante da competição, mas a presença em um torneio internacional é a principal. 

"Nosso 1º objetivo é manutenção, depois a Sul-Americana. Pensar nessa pré-Libertadores é lá na frente. Não podemos parar aqui, temos que buscar mais. O compromisso é atingir uma competição internacional. Estamos próximos de conseguir. Temos que fazer partidas como essa, com nível de concentração alto", afirmou o treinador na coletiva pós-jogo.

A eficiência e tranquilidade do Alvinegro foi bastante destacada pelo comandante fora de casa, com o setor defensivo e do meio de campo muito elogiados.

"Embora o Goiás esteja numa situação ruim de tabela, é uma equipe difícil de se jogar. Tem um certo controle da bola e uma formação de enfrentamento em 3-5-2 que vira, defensivamente, um 5-3-2. Tivemos a felicidade de conseguir, no 1º tempo, uma transição muito rápida, em um setor de dificuldade deles que já havíamos pontuado. A partir do 1º gol, foi uma equipe cirúrgica, marcando forte. Nossa zaga e nosso meio-campo fizeram boa partida. E o Vina esteve iluminado com duas assistências e dois gols. A equipe foi muito letal e objetiva. Ficamos felizes com esse comportamento"

Confira outros pontos da coletiva de Guto Ferreira

Duelo contra Palmeiras no Castelão

"Temos que voltar a vencer no Castelão e retomar o mando de campo. Nos impor dentro de casa. É um trabalho mental para fazer com os jogadores. Já tivemos três partidas contra o Palmeiras nesse ano: duas derrotas e um empate. Vamos trabalhar paa fazer uma grande partida e buscar os três pontos"

Entrada de Alyson

"Deu conta do recado. Teve uma atuação muito tranquila, limpa. Marcou e transitou bem, cumprindo sua missão. Não é fácil substituir o Bruno"

Boa fase de Lima

"O 2º turno dele foi meteórico, crescendo jogo a jogo, fazendo gols importantes em associações com o Vina, Cléber e Chu, os quatro mais agressivos e com todos do meio-campo. Foi um plano traçado que hoje a gente vê o Lima que plantou muito aqui começando a colher tudo isso"

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte