Guto Ferreira valoriza mentalidade em grupo do Ceará e garante que estatísticas "não valem de nada"

Comandante alvinegro participou de coletiva virtual nesta sexta-feira (7)

Legenda: Técnico Guto Ferreira participou de coletiva de imprensa pré-jogo nesta sexta-feira (7)
Foto: Reprodução/CBF

Na véspera da decisão da Copa do Nordeste 2021, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realizou, nesta sexta-feira (7), uma entrevista coletiva de pré-jogo com os treinadores Guto Ferreira e Dado Cavalcanti e os atletas Richard e Rodriguinho.

Invicto na competição regional e detentor do melhor ataque e melhor defesa do torneio, o Ceará chega a decisão precisando de um empate para se sagrar tricampeão invicto da Copa do Nordeste. Porém, para o técnico Guto Ferreira, as estatísticas não valem de nada, se o trabalho dentro de campo não for feito.

"A coesão do grupo, a mentalidade de trabalhar sempre em equipe e buscar sempre fazer o melhor, se preparar... agora todas essas estatísticas não valem nada, se não fizermos nossa parte dentro de campo, nos 90 minutos. Com todo respeito ao Esporte Clube Bahia, nós temos que fazer mais 90 minutos melhor do que fizemos no primeiro, para podermos alcançar o nosso objetivo, que é ganhar mais uma vez a Copa do Nordeste.”
Guto Ferreira
Técnico do Ceará

O bom momento vivido dentro de campo pelo Ceará é motivo de comemoração pelo torcedor alvinegro. No entanto, para o comandante Guto Ferreira, a equipe não pode se apegar ao que passou.

"Nós não podemos nos apegar ao que passou, nós temos que construir o que está para ser construído, que são os 90 minutos. Lógico que esse momento nos traz um nível de confiança alto, mas tudo que é de mais faz mal. Então, nós temos que estar com o nosso nível de confiança no ponto certo, nem mais, nem menos."

Momento vivido na carreira

Bicampeão da Copa do Nordeste, Guto Ferreira busca, neste sábado (8), se consolidar como o treinador mais vitorioso da competição regional. Vivendo uma grande fase à frente do Ceará, o treinador garante que vive um bom momento, mas que é fruto do sucesso dos comandados por ele.

"A gente vive um grande momento, sim. O nosso trabalho vai até um certo ponto. O sucesso daqueles comandados é que acaba transferindo os méritos para você. Nós já tivemos grandes trabalhos, em níveis de dificuldades maiores, que talvez não tenham tido a repercussão que está tendo o momento do Ceará. Em termos de repercussão, o momento do Ceará é especial, sim."

Ceará e Bahia se enfrentam neste sábado (8), às 16h, na Arena Castelão. O duelo é válido pela final da Copa do Nordeste. A Rádio Verdes Mares transmite tudo ao vivo e o Diário do Nordeste acompanha de Tempo Real.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte