Goleiro do Ceará na Copinha, Davi Schneider agradece apoio e lamenta: "deveria ter avançado"

O atleta de 20 anos tem como objetivo participar do profissional alvinegro

Foto do elenco do Ceará reunido antes do jogo
Legenda: O elenco do Ceará na Copa São Paulo de 2022 tinha média de idade de 17 anos
Foto: Denny Cesare / CSC

O Ceará Sporting Club se despediu da Copa São Paulo de Futebol Júnior nesta quinta-feira (13). Na 2ª fase da competição, o Vovô foi superado pelo Desportivo Brasil-SP por 2 a 0 no Estádio Municipal Ernesto Rocco, em São Paulo. O goleiro alvinegro Davi Schneider agradeceu ao apoio do torcedor.

"Temos mais é que agradecer a torcida por nos apoiar sempre. Sabemos que o Ceará é de um patamar muito alto, não poderia ter caído onde a gente caiu, deveria ter avançado, o Ceará merece mais. Então só agradecer ao torcedor por tudo”, disse o arqueiro à transmissão do torneio.

Com 20 anos, Davi acumulou experiência no profissional durante a temporada de 2021, quando participou dos treinamentos e foi relacionado para alguns jogos. Sobre o confronto eliminatório, ressaltou que o Ceará teve as melhores oportunidades em campo, mas não conseguiu converter.

"O que faltou foi gol. Acredito que a gente criou mais do que eles, no 1º tempo tivemos duas oportunidades em cinco minutos, uma bola na trave e uma defesa do goleiro, além de muitas oportunidades. Infelizmente foi o que aconteceu para o resultado negativo", completou o goleiro.

Na campanha, o time cearense avançou ao mata-mata como vice-líder do Grupo 18, quando venceu o Paulista e empatou com São Bernardo-SP e Bragantino-PA. Na 3ª fase, o Desportivo Brasil-SP vai enfrentar o Iape-MA em busca de uma vaga nas oitavas da competição de categorias de base.

 
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte