Ferroviário goleia Paysandu e renasce na Série C após sete jogos de jejum

Na estreia do técnico Anderson Batatais, time coral faz sua melhor exibição na competição e se mantém vivo na luta pela classificação

Legenda: O Ferrão fez uma grande atuação e goleou o Paysandu por 5 a 1 no CT do Ceará
Foto: Lenílson Santos / Ferroviário AC

O Ferroviário goleou o Paysandu por 5 a 1  no estádio Franzé Morais, no CT o Ceará, na tarde desta segunda-feira (13), e em uma atuação de gala na estreia do técnico Anderson Batatais. A equipe coral, que entrou pressionada na rodada após 7 jogos sem vencer e a classificação ameaçada, teve uma postura diferente, dominando o jogo do início ao fim e goleando com justiça. 

A sonora goleada fez o time coral saltar para a 5ª colocação, com 23 pontos no Grupo A, e aumentando consideravelmente seus números de gols marcados e saldo de gols, critérios determinantes para uma classificação. 

Agora restam duas rodadas para o fim da 1ª Fase da Série C, com o time coral estando com a mesma pontuação do 4º colocado, o Botafogo/PB, e dois a menos que o líder Manaus.

No domingo (19), o Ferroviário encara o Manaus, às 16 horas, no Colina, e na rodada final, no dia (25), enfrenta o Floresta no estádio Raimundão, em Caucaia.

O jogo

O Ferroviário começou o jogo fulminante, com uma postura agressiva, encarando o jogo como uma verdadeira final de campeonato, não dando chances ao forte adversário.

Logo com 5 minutos, Mauri aproveitou a falha da zaga para marcar o primeiro gol coral, dando a tranquilidade que faltava nos últimos jogos quando a bola não queria entrar.

Cinco minutos depois, Emerson Souza lançou para Edson Caríus, que ganhou de Victor Sallinas e bateu na saída do goleiro. Foi o 1º gol do centroavante na Série C, desencantando com a camisa coral.

E depois de resistir aos ataques do Papão, o Ferrão ainda fez o terceiro no fim do 1º tempo, aos 41 minutos:Berguinho cruzou e Maurinho subiu mais que a zaga bicolor para marcar o segundo dele e o terceiro coral.

2º tempo

Com a larga vantagem de 3 gols para a segunda etapa, o Ferroviário iniciou o 2º tempo esperando o adversário e sofreu um gol de pênalti, aos 7 minutos com Ruy.

O jogo ficou mais equilibrado e disputado após as alterações dos dois treinadores, com o Papão ameaçando mais, mas o gol do alívio coral saiu aos 22 minutos, de cabeça com Vitão.

Com mais uma vez a vantagem de 3 gols, o time coral se tranquilizou, não correu grandes riscos e ainda marcou o 5º, aos 47 minutos com Thiago Aperibé.

O jogo acabou um minuto depois e a festa coral foi efusiva, com o time mostrando que está vivo e com estilo a lutar por uma vaga na 2ª Fase da Série C.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte