Senado fecha acordo para aprovar destaque do PT; Marinho nega impacto fiscal

O custo que havia sido calculado com a alteração, de R$ 23,3 bilhões, está relacionado à judicialização do tema e não entrou na conta dos R$ 800,3 bilhões, explicou Marinho