Brumadinho: Um ano depois, Rio Paraopeba ainda não se recuperou da lama

A análise detectou a presença de ferro, manganês e cobre em níveis muito acima dos limites máximos fixados na legislação. Para o cobre, a concentração foi 44 vezes superior; para o manganês, 14 vezes superior