três etapas

Obra de dragagem do Mucuripe deve começar até março

Expectativa é que a obra seja concluída em um prazo máximo de seis meses. O investimento será de R$ 21,5 milhões

A obra de dragagem do Porto do Mucuripe era esperada desde a Copa do Mundo de 2014, evento para o qual o terminal foi planejado ( Foto: Eduardo Queiroz )
01:00 · 13.01.2018

As obras de dragagem do Terminal de Passageiros do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, devem ser iniciadas até março deste ano, segundo informou o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. "A obra foi licitada e homologada. O contrato deve ser assinado até a próxima semana. A expectativa é de que a dragagem seja concluída no prazo máximo de seis meses. O investimento será de R$ 21,5 milhões", disse a Pasta.

Em dezembro do ano passado, o Ministério anunciou a Jan de Nul do Brasil como ganhadora do concurso para a execução do projeto de dragagem do Terminal de Passageiros do Porto do Mucuripe. A obra de dragagem do Porto era esperada desde a Copa do Mundo de 2014, evento para o qual o terminal de passageiros foi planejado pelo governo federal.

Como o equipamento possui um calado (fundura máxima atingida por navios quando cheios) com profundidade insuficiente para que as embarcações atraquem, os turistas que chegavam em Fortaleza tem que desembarcar em veículos menores para serem direcionados ao Terminal. Com a dragagem, isso deve acabar.

De acordo com o documento, após a análise e aprovação do projeto executivo, a dragagem do Terminal de Passageiros do Porto do Mucuripe deverá seguir ainda em três etapas: a mobilização dos equipamentos, a execução dos serviços de dragagem e a desmobilização de equipamentos.

Quatro outras empresas participaram do processo da licitação da dragagem do terminal, lançado no último dia 20 de novembro, concorrendo com a Jan de Nul, que é especializada em atividades de dragagem e obras de construção marítima. A CB&I Meio Ambiente e Infraestrutura Ltda ficou com a segunda colocação ao oferecer um desconto de 5% em relação ao pagamento limite estipulado no edital.

A Boskalis do Brasil Dragagem e Serviços Marítimos Ltda ficou em terceiro, oferecendo uma redução de (2,85%) e foi seguida pela GB Consultoria e Serviços EIRELI - EPP (0,001%) e pela Lomacon Locação e Construção Ltda (0,001%).

Movimentação

O Porto do Mucuripe movimentou no ano passado mais de 4,8 milhões de toneladas, entre carga geral, granéis sólidos e granéis líquidos, um crescimento de 9,21% em relação a 2016. As informações são da Companhia Docas do Ceará, responsável pela administração do terminal.

Segundo a empresa, o Porto recebeu no ano passado 502 navios, entre embarcações de carga geral, conteineiros e graneleiros. "Vale ressaltar que, mesmo em momentos de instabilidade econômica em que o País e o mundo estão passando, a movimentação foi superior em relação ao total movimentado em 2016", informa a companhia.

No entanto, até o fechamento desta edição, a companhia não disse os produtos escoados pelo Porto nem os destinos das cargas. Também não foi informado o número de passageiros que passaram pelo terminal em 2016.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.