Suspensão de exportação de fertilizantes da Rússia pode impactar o Brasil

Ministério russo recomendou a suspensão devido a "sabotagem" de empresas de transportes

foto de uma pessoa aplicando fertilizante na terra
Legenda: Recomendação pode impactar diretamente o Brasil
Foto: shutterstock

Um dos maiores produtores mundiais de fertilizantes, ministério da Rússia recomendam que seus produtores suspendam as exportações desses insumos. O aviso pode impactar particurlamente o Brasil e a Europa, cujos agricultores são fortemente dependentes dos fertilizantes russos.

O governo russo alega que a recomendação é devido às ações de "sabotagem" de empresas estrangeiras de transporte do país para suspender as exportações destes insumos.

"Atualmente criou-se uma situação por causa da sabotagem de provisões por parte de algumas empresas de logística estrangeiras, pelo que agricultores da Europa e outros países não podem receber os volumes de fertilizantes pedidos", informou o ministério russo da Indústria e Comércio em um comunicado.

 

O ministério "viu-se obrigado a recomendar aos produtores russos para suspender temporariamente a expedição de fertilizantes russos destinados à exportação", acrescentou. A recomendação vigorará "até que os transportadores retomem o trabalho regular e deem garantias" de cumprimento dos contratos de exportação. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo