Militar francês é acusado pela morte de garimpeiro brasileiro na Guiana

No último dia 22, o homem viu "dois garimpeiros que tentavam recuperar mercadoria escondida" e abriu fogo para provocar a fuga, segundo a Promotoria

Um militar francês foi acusado formalmente por homicídio culposo após a morte de um brasileiro na Guiana durante uma operação de combate à extração ilegal de ouro, informaram fontes judiciais.

No dia 22 de setembro, durante uma operação militar na Guiana francesa, em uma área próxima da fronteira com o Brasil, o militar acusado viu "dois garimpeiros que tentavam recuperar mercadoria escondida".

De acordo com a Promotoria, o militar afirmou que abriu fogo para provocar a fuga dos homens. Depois ele explicou que atirou para se defender de um dos homens, que o atacou com um machado. O soldado afirma que usou a arma "porque se sentia em perigo", mas foi acusado e detido à espera dos resultados da investigação.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo