Trump revela que está tomando cloroquina, alvo de polêmica mundial

Presidente americano diz ter testado negativo para Covid-19

Legenda: Donald Trump, entusiasta da cloroquina, diz que, mesmo sem Covid-19, está tomando o medicamento
Foto: Foto: AFP

O presidente americano, Donald Trump, fez uma revelação surpreendente nesta segunda-feira (18), ao afirmar que está tomando hidroxicloroquina, um medicamento antimalária que divide os especialistas médicos sobre sua eficácia no combate à infecção pelo novo coronavírus.

>Novos estudos desaconselham cloroquina, pivô da queda de Teich

Destacando que testou negativo para a Covid-19 e que não tem sintomas da doença, Trump disse que está tomando o remédio "há cerca de uma semana e meia".

"Eu tomo o comprimido todos os dias", afirmou, acrescentando que também toma zinco preventivamente.

Consultado sobre o porquê, ele disse, "porque eu acho que é bom. Ouvi um monte de boas histórias".

Desde o início da pandemia, a corrida pela cloroquina provocou escassez do produto para quem realmente precisa, como pacientes com malária, lúpus e outras doenças autoimunes. No Brasil, a Anvisa teve de mudar o protocolo e passar a exigir prescrição médica para a venda do remédio em farmácias.

Balanço

Os Estados Unidos superaram nesta segunda-feira (18) a marca das 90.000 mortes e 1,5 milhão de casos registrados de Covid-19, segundo contagem da Universidade Johns Hopkins, que revelou um salto de 10.000 óbitos pelo novo coronavírus em uma semana.

A marca dos 80.000 mortos foi cruzada na segunda-feira passada e a dos 50.000, há pouco mais de três semanas (24 de abril). Os Estados Unidos são de longe o país do mundo que, segundo cifras oficiais, tem o maior número de mortes e casos detectados da doença.


Categorias Relacionadas