Trump é retirado de entrevista coletiva, após alerta de tiros fora da Casa Branca

Presidente americano foi interrompido durante conferência com jornalistas

Legenda: Donald Trump é avisado sobre tiros disparados pelo serviço secreto no lado de fora da Casa Branca, antes de deixar o recinto de entrevista coletiva
Foto: Reprodução

Agentes do Serviço Secreto americano balearam uma pessoa, aparentemente armada, do lado de fora da Casa Branca nesta segunda-feira (10), informou o presidente Donald Trump, minutos depois do mandatário republicano ser retirado sob escolta de uma coletiva de imprensa.

O presidente foi repentinamente retirado da sala da coletiva de imprensa, enquanto agentes secretos fortemente armados se mobilizaram no gramado norte da Casa Branca.

Minutos depois, Trump voltou à sala de imprensa, onde os jornalistas estavam presos, e informou que alguém havia sido baleado do lado de fora da Casa Branca.

"Parece que agentes da lei atiraram em alguém, no suspeito. E o suspeito está a caminho do hospital", explicou o presidente.

Trump garantiu não ter qualquer informação sobre a identidade ou a motivação da pessoa baleada, mas, ao ser questionado sobre se a pessoa estava armada, respondeu: "Pelo que entendi, a resposta é sim".

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?