Porta-bandeiras do Brasil, Bruninho e Ketleyn Quadros sambam na Cerimônia de Abertura das Olimpíadas

A medida do Comitê Olímpico do Brasil (COB) – de levar apenas quatro representantes – visa diminuir o risco de contágio da Covid-19

Legenda: Ketleyn Quadros, do judô, e Bruno Rezende (Bruninho), do vôlei, foram os porta-bandeiras do Brasil na Cerimônia de Abertura Oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020
Foto: Julio Cesar Guimarães/COB

Os porta-bandeiras Bruno Rezende (Bruninho), do vôlei, e Ketleyn Quadros, do judô, representaram o Time Brasil no desfile da Cerimônia de Abertura Oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Com apenas quatro representantes no Estádio Olímpico de Tóquio, os porta-bandeiras fizeram a alegria dos torcedores brasileiros ao sambarem, carregando a bandeira do Brasil, no palco da solenidade. Além de Bruninho e Ketleyn Quadros, o Chefe de Missão Marco La Porta e Joyce Airdes, oficial e representantes dos colaborados do COB, também desfilaram.

A medida do Comitê Olímpico do Brasil (COB) – de levar apenas quatro representantes – visa diminuir o risco de contágio da Covid-19. Na madrugada desta sexta-feira (23) o Time Brasil realizou um desfile particular, no prédio do Brasil, na Vila Olímpica de Tóquio, para celebrar o momento com outros atletas.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte