Náutico demite Pintado; Roberto Fernandes é a opção

O presidente do Náutico, Maurício Cardoso, anunciou a saída do técnico Pintado. A decisão foi tomada um dia após a derrota para o Atlético Paranaense por 2 a 0, em Curitiba, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O dirigente informou que vai entrar em contato com o treinador Roberto Fernandes, que foi demitido do próprio Atlético na última segunda e dirigiu o Náutico nas duas primeiras partidas deste Brasileirão. "Ele é o primeiro nome da lista, é natural, já que passou por aqui, fez um bom trabalho e conhece bem os jogadores", afirmou Cardoso.

Sob o comando de Pintado, que trabalhou em apenas seis partidas, o Náutico empatou com o Internacional em sua estréia e depois colecionou cinco derrotas consecutivas - para Vitória, Coritiba, Cruzeiro, Figueirense e Atlético-PR. Com o péssimo desempenho, o time pernambucano está atualmente na zona de rebaixamento - 17.º lugar, com 18 pontos.

Neste ano, Pintado já esteve à frente do São Caetano durante a Copa do Brasil - eliminado nas quartas-de-final pelo Corinthians - e o início da Série B.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte