Jornal boliviano diz que resultado contra o Ceará foi 'milagroso' para o Bolívar

Em grande atuação na altitude nesta quarta-feira (5), o Vovô perdeu um pênalti e acertou uma bola na trave

Legenda: Empate contra o Bolívar assegurou o Vovô na liderança do Grupo C
Foto: AIZAR RALDES / AFP

“Empate milagroso”. Assim o jornal boliviano El Deber descreveu o resultado de 0 a 0 conquistado pelo Bolívar contra o Ceará nesta quarta-feira (5), em La Paz, na Bolívia. Apesar do domínio local, foram destacadas as chances do Vovô, que registrou atuação histórica na altitude.

“A academia dominou totalmente o encontro, mas podia tê-lo perdido. Aos 61 minutos, Jael perdeu um pênalti para o visitante e, aos 90 minutos, uma bola acertou a base da trave”, analisou.

Os dois momentos foram os principais lances da partida. Na segunda oportunidade, no fim, o atacante Cléber roubou a bola do goleiro adversário e finalizou de longe para acertar a trave.

Legenda: Bolívar e Ceará empataram sem gols no Estádio Hernando Siles, na Bolívia
Foto: Aizar Raldes/AFP

Foi a primeira vez que um clube brasileiro não sofreu gols fora de casa contra o Bolívar. A publicação também destacou o desempenho defensivo alvinegro, que “esperou com cautela no meio do campo com duas linhas compactas de quatro e respondeu com bolas e saídas baseadas na velocidade”.

A conclusão foi de que o Bolívar se complicou na classificação. Eleito melhor do jogo pela Conmebol, o atacante albanês Armando Sadiku recebeu críticas apesar das tentativas: “continua lutando com o gol”.

Classificação

Na tabela de classificação, o Ceará está na liderança do Grupo C com cinco pontos. A pontuação é a mesma do Bolívar, mas há vantagem no saldo de gols: 2x1.

Pelo regulamento, apenas o 1ª colocado da chave avança. Restam três rodadas: o Vovô enfrentará Bolívar-BOL e Arsenal de Sarandí-ARG em casa, e vai visitar o Jorge Wilstermann-BOL na Bolívia.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte