Fortaleza é multado pela Conmebol por infração da comissão técnica; entenda

A multa do auxiliar da da comissão técnica de Vojvoda será descontado da quantia de premiação do Fortaleza

Elenco do Fortaleza perfilado antes do duelo contra o Colo Colo, do Chile
Legenda: Fortaleza disputa a Taça Libertadores da América pela 1ª vez na história
Foto: Kid Júnior / SVM

O auxiliar Nahuel Darío Martínez, da comissão técnica de Juan Pablo Vojvoda, infrigiu o artigo 12.2 do Código Disciplinar e foi multado pela Conmebol em US$ 5 mil dólares (R$ 24.950). O caso ocorreu no empate contra o River Plate no último dia 05 de maio. O valor será descontado da quantia que o Fortaleza receberá de premiação da entidade sul-americana.

De acordo com o documento emitido pela Comissão Disciplinar, o auxiliar foi multado por "violar as diretrizes mínimas do que deve ser considerado comportamento aceitável no domínio do desporto e do futebol organizado; comportar-se de forma que o futebol como esporte em geral e a CONMEBOL em particular, poderia ser desacreditado como resultado de tal comportamento; e cometer um ato de violência ou agressão".

Como consequência, Nahuel Darío Martínez também foi multado em US$ 154 dólares. Neste caso, o Fortaleza poderá entrar com recurso. A cota de apelação custa US$ 3 mil dólares e poderá ser feita em até sete dias.

A equipe cearense ainda foi advertida por infringir o artigo 7.3.4.5 do Manual de Clubes da CONMEBOL, da coletiva de imprensa pós-jogo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte