Real Madrid vence Liverpool com gol de Vini Júnior e conquista Champions League

Partida ocorre neste sábado (28), no Stade de France, em Paris

Vini Júnior comemora gol pelo Real Madrid
Legenda: Vini Júnior abriu o placar para o Real Madrid na decisão da Champions League
Foto: divulgação / Real Madrid

O Real Madrid é o campeão da UEFA Champions League 2021-2022. O clube venceu o Liverpool por 1 a 0 neste sábado (28), com gol do atacante Vini Júnior no Stade de France, na França, e conquistou o 14º título da competição.

O time espanhol é o maior vencedor do torneio, seguido pelo Milan, com sete. A última vez que faturou a taça do maior torneio de clubes do mundo foi em 2017, diante do próprio Liverpool, na Ucrânia. Os ingleses somam seis títulos e não vencem desde 2019.

Em campo, o craque do jogo foi o goleiro belga Courtois, com diversas defesas difíceis. O Liverpool criou as principais chances, principalmente com Salah, mas não superou a defesa do Madrid. A estratégia dos campeões foi o contra-ataque, com transição rápida, e tudo funcionou aos 14 do 2º tempo, quando Vini recebeu chute cruzado de Valverde e fez o único gol do jogo: 1x0.

Vale ressaltar que sete brasileiros participaram da decisão: Éder Militão, Casemiro, Rodrygo e Vini (Real Madrid), além de Alisson, Fabinho e Roberto Firmino (Liverpool). O lateral-esquerdo Marcelo não entrou em campo, mas se tornou o maior campeão da história do time espanhol, com 25 taças conquistas. 

Liverpool 0x1 Real Madrid | saiba como foi o jogo

0-15m do 1°T: O Liverpool iniciou o jogo com pressão alta e atrapalhando muito a saída de bola do Real Madrid, que não conseguiu armar os lances e tentou ligações diretas pelos lados. Com o avançar do tempo, os Reds tomaram conta do jogo, sempre parando no goleiro Courtois. O grande lance veio com Salah, que desviou para defesa do arqueiro.

15-30m do 1°T: o Liverpool seguiu com mais volume e montou um blitz na frente da defesa do Real. Na sequência de oportunidades, Courtois apareceu de novo, defendendo chute de Mané que carimbou a trave. A resposta do time espanhol foi com Vini Júnior, que arriscou lance de cobertura defendido por Alisson.

30-45m do 1°T: os times diminuíram um pouco o ritmo, apesar de mais volume do Liverpool. Aos 35, Salah cabeceou forte para nova defesa de Courtois. O Real Madrid então seguia fechado e atacando pouco. Apesar disso, teve o melhor lance aos 45, com Benzema abrindo o placar. O tento foi anulado pelo VAR por conta de impedimento.

Intervalo

0-15m do 2°T: na volta do intervalo, o Real Madrid buscou controlar mais a posse de bola, diferente da etapa inicial. Do 4-4-2, mudou a formação para 4-3-3 e foi mais ofensivo, enquanto o Liverpool partiu para a transição rápida. Aos 13, em chute cruzado de Valverde, Vini Júnior apareceu nas costas da marcação e abriu o placar: 1x0.

15-30m do 2°T: o jogo cresceu em tensão e se tornou mais duro nas divididas. Aos 19, Salah mandou uma bomba e parou em Courtois, com grande defesa. Para evoluir, o técnico Klopp chamou Diego Jota e tirou Díaz. A pressão se tornou do Liverpool, enquanto o Real Madrid deixou apenas Benzema na frente e ficou recuado.

30-45m do 2°T: no momento final, o Liverpool acionou Firmino e ficou com quatro atacantes em campo. O confronto se tornou ataque x defesa, com Salah x Courtois. O goleiro belga fez mais três grandes defesas e brilhou, garantindo o título do Real.

Palpite para a final da Champions

inter@

Escalações

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Konaté, Van Dijk e Robertson; Henderson (Keita), Fabinho e Thiago Alcântara (Firmino); Salah, Mané e Luis Díaz (Diogo Jota). Técnico: Jürgen Klopp.

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Éder Militão, Alaba e Mendy; Modrić (Dani Ceballos), Casemiro, Kroos e Valverde (Camavinga), Benzema e Vinícius Júnior (Rodrygo). Técnico: Carlo Ancelotti.

Ficha técnica | Liverpool 0x1 Real Madrid

  • Local: Stade de France, em Paris (FRA).
  • Data: 28/05/2022 (sábado).
  • Horário: 16h (de Brasília).
  • Árbitro: Clément Turpin (FRA).
  • Gol: Vini Júnior, aos 14 minutos do 2º tempo.
  • Cartões amarelos: Fabinho, do Liverpool.
  • Assistentes: Nicolas Danos (FRA) e Cyrill Gringore (FRA).

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte