Ferroviário empata por 1 a 1 com Caucaia e se complica no Cearense

Tubarão da Barra jogou mal no 1ª etapa e viu a Raposa dominar as ações

Legenda: Enquanto a Raposa dominou o 1º tempo, o Tubarão foi melhor na 2ª etapa
Foto: Foto: Camila Lima

O Caucaia empatou por 1 a 1 com o Ferroviário neste domingo (12), no Raimundão, pela 3ª rodada da 1ª fase do Campeonato Cearense. Os gols, ambos no 1ª tempo, foram feitos por Wellington Rato (Ferroviário), de pênalti, aos 11 minutos, e por Kaká (Caucaia), aos 43 minutos. Com o resultado, o Tubarão da Barra soma 2 pontos, na 5ª posição, distante em 7 pontos do líder Barbalha, enquanto a Raposa se mantém em 3ª com 5 pontos.

O jogo

O Caucaia dominou a maior parte das ações da partida na 1ª etapa, trabalhando a bola na fase defensiva desde o primeiro minuto. Porém, o Ferroviário foi quem saiu na dianteira. Matheus Sousa, da Raposa, impediu a passagem de Léo Bahia, que caiu na entrada da grande área. Pênalti coral. Na cobrança, o atacante Wellington Rato, aos 11 minutos, tirou o goleiro Ricardo do lance e abriu o marcador de pênalti.

Legenda: W. Rato comemora o gol marcado
Foto: Foto: Camila Lima

Apesar do gol, o time comandando por Marcinho Guerreiro não se abateu, comandando o jogo com a posse de bola. Aos 17 minutos, o lateral Matheus Sousa, de falta, cobrou muito bem e a bola explodiu no travessão de Nicolas, do Ferroviário.

A equipe coral, treinada por Zé Teodoro, não conseguia emplacar uma sequência de passes efetiva, tendo em Wellington Rato sua principal peça de desafogo, puxando os contra-ataques pela faixa central do campo.

Aos 43 minutos, a Raposa colheu o fruto de seu bom trabalho durante a etapa inicial. Brunão, que entrou no lugar de Nael, avançou pelo meio e enfiou para Kaká, infiltrado pela direita, finalizar com força contra Nicolas, igualando o marcador.

Na 2ª etapa, o Ferrão assumiu o protagonismo, pressionando o Caucaia, que soube suportar bem as ofensivas adversárias. Apesar do ímpeto, o time de Zé Teodoro não teve criatividade no meio-campo. Em um escanteio, o atacante Léo Bahia disputou com o goleiro Ricardo na pequena área, balançando as redes. Porém, o lance foi anulado pela arbitragem. O Tubarão se manteve no campo defensivo do oponente, mas sem sucesso no final.

Faltando apenas 4 rodadas para a 1ª fase do estadual encerrar, a situação do Ferrão não é a imaginada pela torcida, que agora torce pela simples classificação do time à próxima fase. A vaga na Copa do Brasil cedida ao vencedor da fase inicial do Cearense fica distante sem as vitórias, que não vêm desde setembro.

 

 

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?