Em jogo morno, Fortaleza vence Ferroviário e sai em vantagem na semifinal do Estadual

Leão vence com gol de Pikachu e joga por um empate no sábado para chegar a decisão do Campeonato Cearense

Legenda: O Fortaleza não fez uma grande partida, mas venceu o Ferroviário e saiu na frente nas semifinais do Estadual
Foto: Kid Júnior

O Fortaleza venceu o Ferroviário por 1 a 0 na noite desta terça-feira (8), no Castelão, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Cearense. O Clássico das Cores foi equilibrado, decidido por Yago Pikachu, autor do único gol da partida, aos 40 minutos do 1º tempo.

Com o resultado, o Tricolor de Aço joga por um empate no próximo sábado (12), às 17h45, também no Castelão, no jogo de volta, para garantir vaga na final. Ao Ferroviário, só resta vencer por dois gols de diferença para avançar. Caso o time coral vença por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis.

 

O jogo

 

O Ferroviário começou a partida querendo surpreender o Fortaleza. Com uma postura agressiva desde o início, o time coral fez um boa jogada logo com um minuto, mas o gol do anulado após impedimento de Edson Cariús.

Com uma marcação alta, o Ferrão dificultava a saída de bola do Fortaleza, e ainda era mais presenta no ataque. Em pelo menos duas tentativas seguidas com Wandson, a defesa leonina salvou jogadas aéreas perigosas.

O Leão, em ritmo lento e sem criatividade, só foi criar alguma coisa aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio fechada de Lucas Crispim, Robson cabeceou, a bola foi em direção ao gol, mas Edson Cariús salvou o Ferroviário.

 

Legenda: O Ferroviário foi melhor no 1º tempo, mas não aproveitou as chances que teve
Foto: Kid Junior

 


Os corais responderam três minutos depois, com Wandson quase aproveitando "cochilo" de Titi, com o zagueiro mandando para escanteio.

Em outro bom ataque coral, aos 20, Edson Cariús se antecipou à defesa tricolor, cabeceou pra a pequena área, mas Benevenuto salvou antes que a bola chegasse em André Baumer.


Depois do lance, o jogo ficou mais truncado, sem nenhuma boa tentativa de gol, até que o Fortaleza teve uma grande chance aos 40 minutos e não desperdiçou: Lucas Crispim bateu falta, o goleiro Jonathan espalmou, a bola chegou em Jussa, que deixou para Pikachu bater forte para abrir o placar.

O gol foi um um duro golpe para o Ferroviário, que fazia uma boa partida, sendo dominado até o fim da 1ª etapa.

 

Sem emoção

 

Com a vantagem construída no fim do 1º tempo, o Fortaleza voltou melhor para a etapa final, controlando o jogo, tocando a bola, mas sem a dinâmica esperada. Em ritmo lento, o Leão não conseguia achar espaços em um fechado Ferroviário.

O time coral, desde o início do 2º tempo, se preocupou mais em não tomar o segundo gol do que tentar o empate, com uma nítida queda física.

Assim, mais recuado, permitiu que o Fortaleza ficasse com a bola, mas o time de Vojvoda também não criou praticamente nada.

O jogo se tornou faltoso da metade para o fim do 2º tempo e sem chances de gol.

A rigor, apenas uma chance de cada lado, em dois chutes bloqueados, na tentativa de Roni para o Ferroviário e Romero para o Fortaleza.

Com o jogo indo até os 50 minutos, o Tricolor de Aço valorizou a posse de bola e saiu em vantagem no primeiro jogo da semifinal.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte