Daniel Alves não joga mais pelo São Paulo; clube tem dívida milionária com o atleta

O lateral de 38 anos tem contrato até o fim de 2022

Daniel Alves faz sinal positivo
Legenda: Daniel Alves era o capitão do São Paulo e tinha contrato até o fim de 2022
Foto: reprodução

O lateral direito Daniel Alves não vai mais vestir a camisa do São Paulo. Após defender a Seleção Brasileira durante a semana, o atleta não se reapresentou ao clube e cobrou uma dívida de cerca de R$ 11 milhões. Por conta da situação, em pronunciamento nesta sexta-feira (10), o diretor de futebol tricolor, Carlos Belmonte, afirmou que o atleta não vai mais atuar pela equipe.

"Tomamos a decisão e comunicamos ao Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais à disposição para atuar no time do São Paulo. O São Paulo é mais importante do que todos nós", afirmou.

O contrato do atleta de 38 anos é até o fim de 2022 e tem um salário mensal de R$ 1,5 milhão. Em vídeo divulgado nas redes sociais, Belmonte reforçou que o time reconheceu o valor cobrado e procurou uma solução para o pagamento.

"Dívida essa que o São Paulo reconhece e, na última semana, fez uma proposta buscando o acerto, que não foi aceita pelos representantes. A negociação seguirá com o departamento jurídico e financeiro", declarou.

Futuro indefinido

A tendência é de que o vínculo seja rescindido. Atleta mais vezes campeão na história do futebol mundial, Daniel Alves é um dos líderes da Seleção Brasileira, participou da conquista do ouro olímpico nos Jogos de Tóquio e tem passagens por equipes como Barcelona-ESP, Juventus-ITA e Paris Saint-Germain-FRA.

No São Paulo desde 2019, venceu o Campeonato Paulista de 2021. Na atual temporada, soma 22 partidas, com um gol.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados