CRB elimina Palmeiras com show de goleiro ex-Ceará; veja tudo da noite nordestina na Copa do Brasil

ABC, Juazeirense e Bahia também se classificaram para próxima fase da competição

Goleiro Diogo Silva, pelo CRB, faz grande jogo contra o Palmeiras
Legenda: O goleiro Diogo Silva teve noite mágica, realizando várias defesas, defendendo penalidades e marcando gol em cobrança
Foto: Cesar Greco/ Palmeiras

Na mesma semana em que o futebol nordestino foi difamado por uma figura da imprensa esportiva paulista, o troco veio com juros e em curto prazo. A 'noite nordestina' da Copa do Brasil teve o CRB eliminando o atual campeão da competição, o Palmeiras, ABC batendo Chapecoense, Juazeirense despachando o Cruzeiro e o Bahia superando o Vila Nova.

Tudo em apenas poucas horas de diferença, causando comoção nas redes sociais. Os torcedores de todos os times da região foram unânimes em comemorar os feitos. Amanhã, na quinta-feira (10), Ceará ou Fortaleza avança de fase. O Vitória tenta revertar desvantagem contra o Internacional. No total, 6 equipes nordestinas podem estar na fase de oitavas de final.

Os jogos

Na primeira partida da noite, o ABC venceu a Chapecoense por 3 a 0, revertendo vantagem de dois gols de diferença que o adversário havia construído. Marco Antônio, Walyson e Éderson, ex-Fortaleza e Ceará, marcaram os gols.

Jogador do ABC comemora gol contra a Chapecoense
Legenda: Marco Antônio comemora gol marcado pelo ABC
Foto: Andrei Torres/ ABC

Na segunda partida, O Bahia superou o Vila Nova por 1 a 0, o mesmo placar do jogo de ida. Gilberto marcou para os baianos. No terceiro jogo, a Juazeirense bateu o Cruzeiro por 1 a 0 e repetiu o placar do rival no jogo de ida, levando a partida para os penais e vencendo. Thauan fez o gol da equipe do interior baiano.

Juazeirense X Cruzeiro
Legenda: Juazeirense X Cruzeiro
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O quarto e último jogo foi o mais especial, por envolver o atual campeão e poderoso Palmeiras contra o CRB, uma equipe nordestina. No tempo normal, o time alagoano venceu com gol de Ewandro. Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Diogo Silva, ex-Ceará, que defendeu três penalidades e ainda marcou um gol.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte