Ceará vence Independiente de virada no Castelão e larga bem na Sul-Americana

Alvinegro venceu por 2 a 1 na estreia do técnico Dorival Junior, largando bem na competição continental

Luiz Otávio comemora gol do Ceará contra o Independiente-ARG
Legenda: O Ceará venceu o Independiente de virada no Castelão pela Copa Sul-Americana
Foto: Kid Júnior / SVM

O Ceará começou bem a Copa Sul-Americana. O Vozão bateu o Independiente, da Argentina, de virada no Castelão por 2 a 1, largando no Grupo G com vitória. O Rojo saiu na frente com gol de Togni, mas o Vozão teve forças pra virar o placar com Mendoza e Zé Roberto, no jogo que marcou a estreia do técnico Dorival Junior.

Com o resultado, o Alvinegro soma os primeiros 3 pontos no Grupo G e lidera. Pela 2ª rodada, o Vozão enfrenta o La Guaira, na Venezuela, no estádio Olímpico, no dia 12, às 19h15. 

Mas antes disso, o Alvinegro estreia na Série A do Brasileiro, no sábado (9), diante do Palmeiras, às 21 horas, fora de casa.

 

O jogo

 

Com técnico novo e uma nova formação, o Ceará começou a partida tentando pressionar o Independiente. 

O time argentino ficou com um jogador a menos logo aos 11 minutos, após expulsão de Ayrton Costa, mas nem assim o Vozão conseguiu ser superior. 

 

Legenda: O Ceará teve uma atuação abaixo na 1ª etapa, mas reagiu no 2º tempo no Castelão
Foto: KID JUNIOR

 

Com mais posse de bola, mas pouca efetividade no ataque, o Vozão aos poucos foi cedendo espaços ao time argentino, que abriu o placar aos 31 minutos, em jogada de raça de Roa, que ganhou na dividida e lançou Togni, que só teve o trabalho de chutar no canto de João Ricardo para abrir o placar.

O gol do time visitante deixou a torcida do Ceará impaciente com o time, pressionando ainda mais a equipe.

Mas sem força ofensiva, o Vovô foi para o intervalo com a derrota parcial.

 

Virada

 

Mas na segunda etapa o jogo mudou. Com as mudanças do técnico Dorival Junior, com Erick e Zé Roberto em campo, o Ceará foi outro time e voltou criando chances de gol.

Na primeira, Vina arriscou de fora da área e o goleiro Sosa fez bela defesa.

No lance seguinte, Bruno Pacheco cruzou na cabeça de Zé Roberto, mas a bola raspou a trave.

Foi quando de tanto pressionar, o Ceará chegou ao empate. Aos 13 minutos, Messias finalizou, a bola desviou na mão de Lucas Romero e o árbitro marcou pênalti. 

Mendoza foi para a cobrança e bateu muito bem, forte, no canto, para empatar: 1 a 1.

A partir dai, a pressão alvinegra aumentou, e mesmo com a expulsão de Nino Paraíba, aos 16, igualando o número de jogadores de cada lado, o Vovô continuou melhor. 

E a virada veio aos 20 minutos, com Zé Roberto aproveitando falha do goleiro Sosa para empurrar para o gol, para delírio da torcida alvinegra.

Depois da virada, o Ceará continuou com mais posse, mais presença no ataque, mas sem levar tanto perigo.

Só mais para os minutos finais do jogo a equipe argentina tentou pressionar, mas o Ceará se defendeu com muita raça para sair do Castelão com uma vitória redentora.

 

Ficha Técnica

 
Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data e hora: 05/04/2022 - 19h15 
Árbitro: Leodán González (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Pablo Llarena (URU)
​Cartões amarelos: Mendoza, Nino Paraíba, Fernando Sobral (Ceará), Ayrton Costa, Asís, Blanco (Independiente)
Cartões vermelhos: Ayrton Costa (Independiente), Nino Paraíba (Ceará)
Gols: Togni (Independiente), Mendoza (Ceará) e Zé Roberto (Ceará)
Renda: R$ 516.766,00
Público: 33.864 pagantes
 
 
 
CEARÁ
 
João Ricardo, Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Rodrigo Lindoso, Richard (Erick), Fernando Sobral (Richardson), Vina (Michel Macedo), Lima (Zé Roberto), Mendoza (Iury Castilho). Técnico: Dorival Junior
 
INDEPENDIENTE
 
Sosa,  Asis, Laso, Rodriguez, Lucas Romero (Benavidez), Soñora (Ostachuk),  Blanco (Poblete), Costa, Benegas, Roa, Togni (Pozzo). Técnico: Eduardo Domínguez
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte