Ceará renova contrato de Cléber até 2023; multa milionária aumenta

Para levar Cléber, o clube pretendente terá que desembolsar 50 milhões de euros, se for do exterior, ou R$ 50 milhões, se for do Brasil

Legenda: Cléber teve contrato estendido até o fim de 2023 com o Ceará
Foto: Thiago Gadelha

O atacante Cléber já caiu nas graças do torcedor alvinegro. Sem contar os gols que o atacante vem fazendo com a camisa do Vovô. São quatro gols até agora, sendo que dois deles foram nas finais da Copa do Nordeste. Com isso, o Vovô se tornou bicampeão invicto do Nordeste. Devido a isso, a diretoria do Ceará resolveu estender ainda mais o contrato do jogador, que agora vai até o fim de 2023.

E não foi apenas isso. A multa rescisória do atacante de 1,93m agora é de 50 milhões de euros (R$ 321 milhões) para o exterior e R$ 50 milhões caso a tranferência seja para um time do Brasil. Antes, a multa rescisória era de 20 milhões de euros.

Agora, o Alvinegro de Porangabuçu tem 85% dos direitos econômicos do atleta e o Ferroviário conta com os 15%, sendo beneficiado em caso de venda do atacante.

Além dos gols, Cléber tem desempenhado também papel tático de suma importância no esquema do técnico Guto Ferreira. Ele vem sendo referência ofensiva, fazendo o papel de pivô no setor ofensivo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte