Ceará perde fora de casa para o líder Atlético/MG, em jogo com expulsão de Tiago Nunes

Vovô fez jogo equilibrado com o Galo, perde boas chances, mas não segura líder da Série A no Mineirão

Atlético-MG e Ceará se enfrentaram no Mineirão
Legenda: Atlético-MG e Ceará se enfrentaram no Mineirão
Foto: Atlético-MG

O Alvinegro perdeu por 3 a 1 para o Atlético/MG neste sábado (9), fora de casa, em partida que teve até expulsão do técnico Tiago Nunes. O líder da competição fez dois gols ainda no primeiro tempo e encaminhou a vitória diante da equipe cearense.

Nunes foi advertido e expulso pelo árbitro após muita reclamação por falta em Geovane, no lance envolvendo o primeiro gol do Galo. Com a derrota, o Ceará se mantém na zona intermediária da tabela, com 29 pontos, e volta a jogar fora de casa, contra o São Paulo, na quinta-feira (14), no Morumbi, às 19 horas.

O jogo

O Ceará não fez uma partida ruim contra o líder da Série A. Do outro lado do campo estavam jogadores como Hulk, Zaracho e Keno. Ainda assim, o Vovô procurou marcar bem desde o início, dificultando as ações do time da casa.

O Alvinegro suportou bem a pressão, principalmente na jogada aérea, e criou a primeira grande chance aos 30 minutos, com Vina, quando Everson fez uma defesa espetacular.

Em seguida, o lance mais polêmico do jogo. Geovane sofreu falta de Jair, mas o árbitro deixou o jogo seguir e a bola foi lançada para Hulk, que bateu forte para fazer 1 a 0. Logo após o gol, o técnico do Ceará, Tiago Nunes, foi expulso por reclamação.

Foto: Pedro Souza / Atlético

O Alvinegro fazia um jogo cauteloso, mas equlibrado, quando tomou o segundo gol no fim do 1º tempo. O árbitro marcou pênalti para o Atlético após ida ao VAR, em jogada que Messias fez falta em Jair, convertido por Hulk.

2º tempo

Para a etapa final, o Ceará voltou com três zagueiros, com Gabriel Lacerda no lugar do volante Geovane, e Rick no lugar de Airton no ataque.

Ainda assim, o time da casa era melhor, perdendo chances com Jair e Dylan, quando o Ceará criou outra grande chance, mas parou, de novo, em Everson: Vina pegou bonito na bola e o goleiro fez bela defesa, aos 14 minutos.

Com o jogo equibrado e um Atlético Mineiro mais recuado após as mudanças de Cuca, já segurando o resultado, o Ceará mantinha a competitividade, e ainda criou outra chance com Bruno Pacheco, que Everson defendeu bem mais uma vez.

Atlético-MG e Ceará duelaram com presença de público no Mineirão
Legenda: Atlético-MG e Ceará duelaram com presença de público no Mineirão
Foto: Atlético-MG

Aos 41 minutos, Nacho Fernández fez bela jogada e cruzou para Diego Costa marcar o terceiro do Atlético.

O placar era mais elástico do que as atuações das duas equipes mostravam e o Ceará ainda conseguiu diminuir com Gabriel Lacerda.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 3x1 CEARÁ

  • ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Nathan Silva, Réver e Dodô; Jair (Sasha), Allan, Zaracho (Calebe) e Dylan Borrero (Diego Costa); Keno (Nacho Fernández) e Hulk (Tchê Tchê). Técnico: Cuca.
  • CEARÁ - Richard; Igor, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Geovane (Gabriel Lacerda), Lima (Pedro Naressi) e Vina (Gabriel Santos); Cléber (Mendonza) e Airton (Rick). Técnico: Tiago Nunes.
  • GOLS - Hulk, aos 31 e aos 54 minutos do primeiro tempo. Diego Costa, aos 43, e Gabriel Lacerda, aos 48 minutos do segundo tempo.
  • CARTÕES AMARELOS - Geovane, Messias, Jair e Bruno Pacheco.
  • CARTÃO VERMELHO - Tiago Nunes.
  • ÁRBITRO - Jefferson Ferreira de Moraes (GO).
  • RENDA - R$ 468.706,00.
  • PÚBLICO - 10.265 pagantes.
  • LOCAL - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte