Pocah rebate fala de Tirullipa sobre DJ Ivis: 'a chance de um agressor é ainda estar vivo'

Cantora e ex-BBB desabafou sobre o caso e revelou ter sido vítima de violência doméstica durante gravidez

Pocah loira com mão no ombro
Legenda: Cantora afirmou já ter sido vítima de violência doméstica durante gravidez
Foto: divulgação; reprodução/Instagram

A cantora e ex-BBB Pocah comentou a postura do humorista Tirullipa sobre o caso do DJ Ivis, preso na última quarta-feira (14), na Grande Fortaleza, por agredir a ex-esposa, Pamella Holanda. A artista rebateu o comediante e desabafou sobre ter sido vítima de violência doméstica durante a gravidez. As informações são do portal UOL.

"Quem perdoa é Deus. Não é justo isso que ele fez, mas Deus vai tocar ele. Eu tenho certeza que esse cara vai voltar transformado um dia e a gente vai dar outra oportunidade sim, porque o mundo é de oportunidades. Tem que perdoar, o mundo é do perdão", disse Tirullipa em vídeo.

Ao divulgar seu relato, a cantora enfatizou entender o pensamento de Tirullipa, pois já tinha pensado dessa maneira.

"Eu achava que Deus iria transformar a pessoa que me agredia até porque o meu agressor dizia que estava sendo usado pelo diabo e que não queria me agredir e me chutar numa escada quando eu estava grávida de sete meses ou quase me cegar do olho esquerdo. Eu achava que toda aquela humilhação era um testemunho pra no futuro dizer: 'Deus mudou a minha vida e restaurou a minha família' [...] Mas ele não parava", relatou Pocah, acrescentando que o homem, não identificado por ela, agrediu mulheres antes e depois dela.

A funkeira avaliou que a mudança sobre o assunto só ocorre se a pessoa a quiser verdadeiramente. "Eu acredito, sim, que Deus transforma, mas bem longe de mim, sem ouvir falar, ou consumir o trabalho dessa pessoa", disse ela.

"Para mim, a chance de um agressor é ainda estar vivo e pagar pelo que causou na mente e no corpo de uma mulher que nunca mais vai esquecer o pesadelo que é sofrer violência doméstica".
Pocah
Cantora

A ex-BBB agradeceu ainda a Deus por estar viva. "Mas ainda dói muito pensar que, assim como eu, muitas mulheres já sofreram ou ainda sofrem de violência doméstica. Denuncie, ligue 180, se for necessário exponha nas redes sociais, sim! Coloca no jornal! Faz um sinal de fogo! Mas não se acomode com essa vida! Se eu venci, você também pode. 'Quem perdoa é Deus' e cadeia é pouco!", finalizou.

Tirullipa foi criticado

Além de Pocah, famosos como o cantor Tico Santa Cruz também rebateram o humorista. O roqueiro alertou, em vídeo publicado no Instagram, para os números de violência contra a mulher e o uso do discurso religioso.

"Deus é amor, então não faz o menor sentido uma pessoa entrar em uma escalada de violência a ponto de agredir a esposa na frente da sogra e do bebê. Aí, depois que é descoberto, perde dinheiro, contratos, parcerias, vem falar de Deus. Assim como o outro lá comediante vir usar a palavra de Deus e ainda usar o argumento das filhas", apontou Santa Cruz.

"Meu amigo, a luta da violência doméstica, da violência contra a mulher, não é por ter filha, mãe ou avó. É porque são as mulheres vítimas de violência historicamente. Isso aí que vocês fazem é para conseguir seguidor, para parecer bonzinho, gente boa. Não há mais espaço para esse tipo de correlação. Então, Tirullipa, faz a sua gracinha em outro lugar, irmão. No palco, no picadeiro. Você tem 26 milhões de seguidores", seguiu o cantor.

Após ser bastante criticado, Tirullipa se manifestou novamente, no sábado (17), sobre a polêmica, frisando não achar as ações de DJ Ivis justas.

"Eu fui o primeiro a se manifestar, fui o primeiro a entrar nas redes sociais por causa das minhas filhas, não achei justo o que ele fez e fui o primeiro a atacá-lo. [...] Até o momento dele ser preso, eu não comentei mais nada. Depois que ele foi preso, eu disse: 'Gente, agora é a Justiça, deixe ele pagar'. Pessoal queria atacar ele, bater, gritar, muita gente na rua aqui no Ceará. Gente, ele vai pagar e vai pagar caro por isso. Tomara que ele aprenda a lição e volte transformado", comentou Tirullipa.

Acho que a questão de uma nova chance só depende da pessoa, só do DJ Ivis, não é a gente que vai dar, é ele que vai construir isso com a sua mudança. Isso eu falei um dia, se acontecer. Se não, vai continuar pagando, sofrendo [...]  Libera o perdão, não quer dizer que você está dando outra chance, não. Não liberar o perdão faz mal dentro da gente mesmo", acrescentou o comediante.

Prisão de DJ Ivis

No sábado, um pedido de urgência de liberdade da defesa de DJ Ivis foi negado pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), e o cantor segue preso preventivamente pelas agressões cometidas contra a ex-esposa.

Atualmente, o artista divide cela com outros internos na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz. A ida dele para o presídio aconteceu após audiência de custódia, realizada na sexta-feira (16).

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit