Unicef alerta que crianças no Congo ficaram órfãs devido ao ebola

Mais de 2.400 crianças têm sido separadas de seus país ou cuidadores e deixadas sozinhas enquanto os adultos se submetem a exames e tratamentos, ou ficam isolados por terem tido contato com alguém infectado