Congresso enfrenta presidente do Peru e decide nomear juízes do Tribunal

Martín Vizcarra diz ter 'apoio político, social, técnico' para dissolver o Parlamento, que é controlado pelo partido fujimorista Força Popular e outros grupos opositores