Cidade americana proíbe a venda de cigarros eletrônicos

São Francisco tornou-se a primeira cidade dos EUA a proibir as vendas dos aparelhos