Por medo de Lázaro, família dorme dentro de um carro em frente à sede da polícia em Goiás

O clima de medo e tensão está motivando famílias a sairem da zona rural para buscar mais segurança na capital

Lázaro Barbosa
Legenda: Lázaro Barbosa segue foragido, mas um cerco policial foi montado pelas forças de segurança
Foto: Divulgação/PCDF

Uma família de seis pessoas, incluindo uma grávida, deixou a propriedade onde mora para dormir dentro de um carro em frente à sede da força-tarefa, montada em Cocalzinho de Goiás, por medo de Lázaro Barbosa. As informações são do G1 com base na TV Anhanguera. 

Grávida de seis meses, Jorlene Costa relata que outros vizinhos farão o mesmo por medo do criminoso, suspeito de cometer vários crimes em ao menos três estados. 

"Todo mundo está saindo de suas casas por medo. Se ficar, a gente pode ter o fim de várias pessoas que ele vem matando. Como sou caseira de um lugar, não tenho outro local para ficar. Por isso, peguei meus filhos e vim com o carro aqui. Eu prefiro dormir no carro a ver um filho meu morto"
Jorlene Costa
Dona de casa grávida

O chefe da família e caseiro de uma fazenda da região, Manoel de Oliveira, conta que a sensação de insegurança motivou ele, a esposa grávida e os quatro filhos a deixar a zona rural em busca de proteção próximo aos policiais.  

“Não vou esperar a morte bater na porta. Por isso viemos ontem. Saímos só com a roupa do corpo. Não deu tempo de pegar nem a máscara”, afirmou. 

Foragido há mais de 12 dias, Lázaro Barbosa é suspeito de fazer uma chacina em Ceilândia, no Distrito Federal. Mais de 270 policiais procuram pelo fugitivo, que tem longa ficha criminal. 

Trabalho policial  

Policias de elite das polícias Civil, Militar e Federal fazem as buscas por Lázaro Barbosa. Na operação são usados helicópteros, drones com visão térmica, cães farejadores, equipamentos com visão noturna e forte armamento. A polícia procura pelo criminoso dentro de rios e em matas.  

Ficha criminal de Lázaro Barbosa

  • 2007: Capturado sob acusação de um duplo homicídio no município Barra dos Mendes, na Bahia. Dez dias de ser preso, no entanto, ele fugiu e até hoje é tido como foragido pela polícia local
  • 2009: O criminoso migrou para Brasília, onde ficou em reclusão no Complexo Penitenciário da Papuda (CPP). Os ilícitos atribuídos a ele era porte ilegal de arma de fogo, estupro e roubo
  • 2013: O mesmo presídio emitiu um laudo psicológico informando que o homem era um "psicopata imprevisível". O diagnóstico foi elaborado a partir da conduta agressiva e impulsiva, assim como pela instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio do preso
  • 2014: A Justiça autorizou a conversão da prisão de Lázaro Barbosa para o regime semiaberto
  • 2016: Voltou a sumir do radar das forças de segurança
  • 2018: Fora do sistema prisional do Distrito Federal, foi alcançado pela polícia de Águas Lindas de Goiás e novamente preso por porte ilegal de arma de fogo, homicídio qualificado, roubo e estupro. Em julho do mesmo ano, escapou da detenção
  • 2020: Foi indiciado por roubo mediante restrição da liberdade de quatro idosos e emprego de arma branca durante tentativa de latrocínio em uma chácara em Santo Antônio do Descoberto, em Goiás
Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil