Ministério da Saúde anuncia fim da emergência sanitária no Brasil

Anúncio foi dado durante a noite deste domingo (17) em pronunciamento na TV; ato normativo será compartilhado nos próximos dias

Legenda: Declaração foi dada em rede nacional na TV Globo
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga, anunciou que há condições para declarar o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) na noite deste domingo (17). Um ato normativo disciplinando a decisão ainda será editado e compartilhado nos próximos dias. 

A declaração foi dada após apontar a melhora do cenário epidemiológico, a ampla cobertura vacinal da população e a capacidade de assistência do Sistema Único de Saúde (SUS).

"A medida, no entanto, não significa o fim da Covid-19. Continuaremos a conviver com o vírus. O Ministério da Saúde permanece vigilante e preparado para adotar todas as ações necessárias para garantir a saúde dos brasileiros", afirmou Queiroga.

Segundo o Ministro, mais de 73% da população brasileira complementou o sistema vacinal e mais de 71 milhões de brasileiros receberam a dose de reforço. "Temos vacinas disponíveis e os brasileiros acessam livremente essa política pública". 

Agradecimento aos profissionais da saúde

Além de apontar o fim da emergência sanitária, Queiroga ainda lamentou as perdas causadas pelo novo coronavírus. "Expresso nossa solidariedade aos familiares das vítimas e aqueles que ainda sofrem em decorrência das sequelas dessa doença". 

O Ministro também agradeceu aos médicos que utilizaram a ciência em favor dos pacientes, assim como aos profissionais da saúde que "incansavelmente lutaram contra essa doença".

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil