Ataque de tubarões no Egito provoca duas mortes e praias são fechadas

Uma das mulheres teve o braço arrancado durante o ataque

Resort no Egito
Legenda: As turistas foram atacadas quando nadavam na região de Sahel Hashish, ao sul de Hurghada
Foto: Clemens Wortmann/AFP

O governador da região do Mar Vermelho, Amr Hanafi, ordenou, na última na sexta-feira (1º), o fechamento de todas as praias da região por três dias após duas mulheres, uma austríaca e uma romena, morrerem devido a ataques de tubarão na costa do Egito.

De acordo com o parlamentar, "uma turista austríaca teve seu braço arrancado, provavelmente em um ataque de tubarão".

O Ministério do Meio Ambiente do Egito e os ministérios das Relações Exteriores da Áustria e da Romênia informaram ainda que as turistas foram atacadas quando nadavam na região de Sahel Hashish, ao sul de Hurghada, especificando que uma investigação foi aberta no domingo (3).

Segundo a agência de notícias austríaca APA, uma das vítimas tinha 68 anos e era originária da região do Tirol (oeste da Áustria), e passava férias no Egito.

O Mar Vermelho é um destino turístico muito popular, onde geralmente há tubarões, embora raramente ataquem banhistas que nadam dentro dos espaços autorizados.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo