Veja ano a ano a história de Ceará e Fortaleza na Copa do Brasil

Após mais de três décadas de Copa do Brasil, Clássico-Rei vai ocorrer pela primeira vez pela competição

Sérgio Alves e Maizena são ídolos do Cear
Legenda: Sérgio Alves foi um dos vices do Ceará em 1994. Maizena também esteve na melhor campanha tricolor, em 2001
Foto: Kiko Silva/ Terceiro Tempo

Ceará e Fortaleza se enfrentam pela primeira vez na história da Copa do Brasil, embora ambas as equipes colecionem mais de duas décadas de participação na considera (ainda é?) competição 'mais democrática do País'.

E as histórias de Ceará e Fortaleza são bem distintas, apesar da similaridade histórica e de torcida entre os clubes. O Alvinegro tem maior tradição na competição, tendo chegado a um vice-campeonato em 1994.

E não parou por aí. Por duas vezes, a equipe de Porangabuçu chegou à semifinal, caindo para Fluminense, em 2005, e Coritiba, em 2011. No ano passado, 2020, alcançou o maior número de vitórias em apenas uma edição, quando chegou às quartas de final, sendo eliminado pelo Palmeiras.

O Ceará saiu atrás do placar, mas foi buscar o empate no segundo tempo, no último confronto entre as equipes
Legenda: Uma das principais características do Ceará é a solidez na marcação
Foto: Camila Lima / SVM

O Fortaleza chegou apenas às quartas de final em uma oportunidade. Em 2001, caiu para a Ponte Preta, após bela campanha na competição. Era o início da década de ouro tricolor.

33 edições da Copa do Brasil

Ceará

  • 25 participações
  • 1 vice-campeonato
  • 2 semifinais
  • 2 quartas de final

Fortaleza

  • 24 participações
  • 1 quartas de final

Melhores campanhas cearenses

  • 1994: Ceará (final)
  • 1997: Ceará (quartas)
  • 2001: Fortaleza (quartas)
  • 2005: Ceará (semifinal)
  • 2011: Ceará (semifinal)
  • 2020: Ceará (quartas)