Fortaleza recebe contatos das seleções de Brasil e Chile por Éderson e Ángelo Henríquez

A dupla está no radar dos times nacionais e pode ser convocada em breve

Montagem com fotos de Ángelo Henríquez e Éderson
Legenda: O volante Éderson e o atacante Ángelo Henríquez podem ganhar oportunidade nas seleções de Brasil e Chile, respectivamente
Foto: divulgação / Fortaleza

O Fortaleza realiza uma temporada histórica em 2021, com classificação às quartas de final da Copa do Brasil e presença no G-4 da Série A do Brasileiro. Com destaques individuais e resultados expressivos, o clube foi procurado pelas seleções de Brasil e Chile para fornecer informações de possíveis convocados.

O Diário do Nordeste apurou que o volante Éderson, confirmando informação do portal Futebol Cearense, e o atacante Ángelo Henríquez estão em pré-listas. A dupla está no radar dos respectivos times nacionais e pode ser chamada em breve.

O contato serve para colher informações sobre os trabalhos desenvolvidos e o nível físico atual. Em maio, o zagueiro colombiano Quintero também foi pré-convocado para a Copa América - o atleta foi emprestado até o fim do ano para o Juventude.

Vojvoda com semblante sério à beira do gramado em jogo do Fortaleza
Legenda: O técnico Juan Pablo Vojvoda tem contrato com o Fortaleza até o fim da temporada de 2021
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O processo de monitoramento dos jogadores em atividade no futebol brasileiro é presente nas seleções e se intensificou com a pandemia de Covid-19, com países como Alemanha e Inglaterra impedindo que as respectivas equipes liberem atletas para atuar na América do Sul.

Assim, o Fortaleza se firma no radar. A possibilidade de convocação de um nome do elenco coroa o trabalho coletivo de plantel, gestão e comissão técnica liderada pelo argentino Juan Pablo Vojvoda.

Fase e experiência

A pesquisa pelos atletas se explica pelo momento técnico da dupla e a experiência das federações. Éderson está no radar do técnico Tite porque é um dos destaques do Brasileirão. Titular absoluto no Fortaleza, lidera fundamentos individuais na defesa e no ataque.

Na seleção chilena, Ángelo Henríquez é um atleta no rol de convocados frequentes de Martín Lasarte. Reforço para a sequência de 2021, o atacante chegou com essa alcunha ao deixar a Universidad de Chile e tem ganhando mais espaço com Vojvoda.