Ceará promove reforma na Cidade Vozão e planeja torneio entre comunidades para captar talentos

O clube deve iniciar competições a partir de setembro e oferecer oportunidade aos jovens atletas

Elenco do Ceará reunido
Legenda: O Ceará é o atual campeão do Brasileirão de Aspirantes e busca nova conquista em 2021
Foto: Fernando Ferreira / Ceará

A diretoria do Ceará prepara um novo passo na captação de talentos para as categorias de base. Com investimento estrutural na Cidade Vozão, em Itaitinga, o clube planeja iniciar torneios com comunidades e projetos sociais a fim de buscar mais promessas cearenses e conceder oportunidades.

Nos últimos meses, a gestão do departamento de captação recebeu visita de projetos de inúmeros bairros como Messejana e Conjunto Ceará. O plano é incentivar o esporte local, promover testes com os jovens interessados e integrar os melhores avaliados na base alvinegra.

Fachada da Cidade Vozão, em Itaitinga
Legenda: A Cidade Vozão, em Itaitinga, é a sede das categorias de base do Ceará
Foto: Divulgação/Cearasc.com

Assim, o clube une a ação social com o mapeamento de joias do futebol local. Para receber uma maior sequência de partidas, a sede da base irá receber um campo sintético - obras foram iniciadas. O cronograma envolve promover os mini-torneios a partir de setembro.

Com uma das melhores bases do Nordeste e reconhecido pela CBF, o time almeja a longo prazo se tornar referência nacional na formação e revelação de jogadores. Por isso, irá expandir os esforços nos demais estados para mapear atletas de potencial.

Captação local

A estratégia de promover os torneios com comunidades envolve o domínio territorial e a aproximação com espaços reconhecidos por fornecer potências desportivas, mas que carecem de chance para se desenvolver e buscar seguir até o profissional.

João Victor em momento de concentração antes do jogo
Legenda: O atacante João Victor, de 17 anos, é uma das principais joias do Ceará
Foto: Pedro Chaves / Ceará

Dentro do próprio clube, as divisões de acesso são repletas de jovens oriundos da comunidade e que, por vezes, necessitam de alojamento. O processo é amplo, mas se torna uma nova frente ao sonho de crianças que sonham em ser jogador. É o Time do Povo abrindo as portas.