Jogadores ucranianos do Benfica e do City se emocionam com apoio de torcidas e times; veja vídeos

Tropas russas invadiram a Ucrânia na última quinta-feira

Imagem mostra homem chorando.
Legenda: Oleksandr Zinchenko, atleta do Manchester City, emocionado com apoio da torcida e dos companheiros de time.
Foto: Reprodução

O mundo está com os olhos voltados para a guerra na Ucrânia. No futebol não tem sido diferente. Jogadores ucranianos que atuam em outras nações tem se comovido com o apoio das torcidas e dos clubes durante os jogos.

Neste domingo (27), Ronan Yaemchuk, atacante do Benfica, foi aclamado ao entrar em campo no jogo contra o Vitória de Guimarães, pelo campeonato nacional, no Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal. 

Aos 17 minutos do segundo tempo, ele recebeu a braçadeira de capitão e entrou para o jogo. A torcida aplaudiu de pé e gritou bastante. Além disso, mostrou cartazes em apoio ao povo ucraniano. O atleta foi abraçado pelos companheiros e ficou bastante emocionado. 

Oleksandr Zinchenko, do Manchester City, foi outro que se mostrou bastante tocado pela homenagem dos torcedores e do próprio time. A equipe enfrentou o Everton no último sábado, pela Premier League. 

O meia e lateral-esquerdo estava aos prantos enquanto toda a equipe vestia uma blusa com a bandeira da Ucrânia e pedindo o fim da guerra. O atleta tem se manifestado fortemente contra o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

O país foi invadido pela Rússia na madrugada da última quinta-feira. Os bombardeios continuam. Já são cinco dias de conflitos. Mais de 150 mil pessoas já deixaram o país. Acompanhe a cobertura em tempo real aqui.
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados