Nelson Piquet não terá mais acesso ao paddock da Fórmula 1 após chamar Hamilton de 'neguinho'

Ex-campeão brasileiro pediu desculpas em nota à imprensa

Nelson Piquet entrou em controvérsia ao chamar Hamilton de 'neguinho'
Legenda: Nelson Piquet entrou em controvérsia ao chamar Hamilton de 'neguinho'
Foto: Reprodução/ AFP

As palavras com teor racista proferidas pelo ex-piloto de Fórmula 1 brasileiro Nelson Piquet devem ter consequências maiores que as notas de repúdio publicadas por equipes, pelo piloto inglês e pela própria organização da Fórmula 1.

Segundo o jornalista Andrew Benson, da BBC de Londres, o ex-campeão mundial não poderá ter acesso ao paddock da Fórmula 1 após ter chamado Lewis Hamilton de 'neguinho'.

Paddock é o local onde as equipes preparam os veículos para a corrida. De onde os carros partem para pista principal, fazem trocas de pneus. Os convidados e jornalistas também ficam neste espaço.

Piquet pede desculpas por chamar Hamilton de 'neguinho'

Após a imensa repercussão da fala de teor racista, Nelson Piquet, em nota enviada à imprensa, se defendeu das acusações, reconhecendo o erro, mas fazendo ressalvas com relação às traduções.

"Peço desculpas de todo o coração a qualquer um que tenha sido afetado, incluindo Lewis", disse Piquet, tricampeão mundial.

Piquet disse que "não fez defesa" das observações, mas acrescentou que o termo que usou "é aquele que tem sido amplamente e historicamente usado coloquialmente no português brasileiro como sinônimo de 'cara' ou 'pessoa' e nunca teve a intenção de ofender". . "Eu nunca usaria a palavra da qual fui acusado em algumas traduções", completou.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte